Amazonas Cidades

Furto de energia é identificado em fábrica de reciclagem, em Manaus

Policiais descobrem quadros danificados/Foto: Assessoria
Redação
Escrito por Redação
Policiais descobrem quadros danificados/Foto: Assessoria

                            Policiais descobrem quadros danificados/Foto: Assessoria

Através da Delegacia Especializada em Combate ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS), tendo à frente o delegado Felipe Vasconcelos Dias, foi deflagrada na manhã de hoje (02), uma operação que identificou furto de energia em duas unidades de uma fábrica de reciclagem de material plástico e isopor, situadas nos bairros Puraquequara e São José Operário, na zona Leste da cidade.
De acordo com a autoridade policial, as equipes da DECFS, peritos do Instituto de Criminalística (IC) e funcionários das concessionárias Eletrobras Amazonas Energia e Manaus Ambiental detectaram o primeiro furto de energia por volta das 9h, em uma unidade situada no Ramal da Caixa D’Água, bairro Puraquequara. A segunda constatação ocorreu minutos depois, em uma outra unidade da empresa, localizada na Avenida Cosme Ferreira, bairro São José Operário.

“Conseguimos efetuar o flagrante após sermos informados por funcionários da Eletrobras sobre a possível irregularidade. Os locais estavam cadastrados como residências junto à concessionária de energia. Durante vistoria constatamos que todo o maquinário utilizado era alimentado por meio de um transformador não cadastrado que reduzia a corrente das linhas de transmissão. Além do furto de energia, verificou-se que as ligações elétricas estavam feitas de forma precária, oferecendo riscos de morte aos trabalhadores da empresa”, argumentou Felipe Vasconcelos Dias.

O titular da DECFS relatou, ainda, que ao chegarem na primeira unidade da empresa os policiais constataram que os equipamentos haviam sido desligados, pois o dono do imóvel teria ficado sabendo da fiscalização. “O gerente da unidade declarou que a ordem foi dada pelo proprietário da empresa, Ismael Raimundo, que, apesar de não estar no lugar, será notificado para prestar esclarecimentos e responderá criminalmente pela prática ilícita”, ressaltou o delegado.

Para concluir, Felipe disse que as ligações clandestinas encontradas foram desfeitas e todos os procedimentos cabíveis estão sendo adotados.

Quadros de distribuição violados permitiam os furtos/Foto: Divulgação

Quadros de distribuição violados permitiam os furtos/Foto: Divulgação

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.