Amazonas Política

Futuro econômico do AM passa pela extensão rural, diz FAEA

Muni Lourenço, Presidente da FAEA/Foto: Divulgação
Muni Lourenço, Presidente da FAEA/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A extensão rural do Amazonas recebeu hoje, sexta-feira (04), homenagem pela passagem do seu dia, a ser celebrado em 06 de dezembro, em todo o País, por iniciativa do deputado Luiz Castro (REDE), presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Caama), em Sessão Especial que aconteceu na Assembleia Legislativa do Amazonas.

Segundo o presidente da Federação da Agricultura do Estado do Amazonas (FAEA), Muni Lourenço, o extensionista rural é peça-chave para as políticas públicas em prol do setor agrícola no Amazonas. “Os profissionais de extensão são inegavelmente peças-chave para os debates sobre o setor primário porque estão na ponta, diretamente com o produtor rural. Precisamos construir com eles um novo Amazonas, com interiorização da economia do Estado. O futuro passa pela extensão rural”, avaliou Lourenço.

Homenagens

A placa comemorativa foi entregue ao diretor técnico Airton José, que a recebeu em nome do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (IDAM). Em seguida, Ofir de Souza Hage — técnico agrícola e gerente da Unidade Local do IDAM de Manaus e José Maria Ferreira — técnico agrícola e gerente da Unidade Local do IDAM em Iranduba receberam o reconhecimento por seus trabalhos.

Maurício Borges — técnico agrícola da Unidade Local do IDAM em Autazes; Sebastião Dias de Mendonça — engenheiro agrônomo e gerente de Apoio à Produção Animal/ IDAM Central; Marisa da Costa — assistente técnico / Departamento Financeiro — IDAM Central; Mirta dos Santos Pontes – assistente técnico / Unidade Local do IDAM em Presidente Figueiredo também foram homenageados, assim como Rosenay da Silva Domingues — assistente técnico / Unidade Local do IDAM em Itacoatiara, que enviou um representante.

O deputado Luiz Castro, que participa da COP 21, integrando a comitiva do Itamaraty , não participou da solenidade.

Exposição

A homenagem também contou com uma exposição de produtos cultivados pela agricultura familiar, com apoio e assistência técnica do Idam. A mesa farta esteve no hall da Aleam. Todos os produtos utilizados na exposição foram doados a Sociedade de São Vicente de Paulo.

O objetivo foi mostrar parte do trabalho desenvolvido pelas equipes do Instituto em todo o Amazonas por meio dos 66 escritórios locais. No espaço, será possível conferir além da exposição de produtos da agricultura familiar, o sistema de hidroponia, que é uma técnica alternativa e promissora para a diversificação da produção e qualidade do produto. No Estado, o sistema é utilizado principalmente no plantio de alface. Outras culturas (fruticultura, guaraná, açaí e hortaliças) também estavam em exposição.

Extencionistas e autoridades no auditório da ALEAM/Foto: Divulgação

Extencionistas e autoridades no auditório da ALEAM/Foto: Divulgação

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.