Amazonas Esportes

Globo não entra no estádio do Palmeiras e Cléber Machado transmite decisão do estúdio

Narrador Cléber Machado, da TV Globo/Foto: Reprodução
Redação
Escrito por Redação

O Palmeiras conquistou o título de campeão da Copa do Brasil na noite de quarta-feira (2), contra o Santos, e gerou altos índices de audiência para a TV Globo. A transmissão, porém, não ocorreu do estádio, como de costume.
De acordo com a coluna Ktv, os torcedores alviverdes impediram Cléber Machado e sua equipe de acessarem o Allianz Parque, na Zona Oeste de São Paulo. Com a chegada do carro da Globo, os palmeirenses, que tomavam as ruas ao redor da arena para a recepção do ônibus da equipe, impediram a passagem do veículo da emissora.

“Cléber Machado, santista safado” e “Fora Globo”, gritavam os torcedores ao redor do carro. No veículo estavam também os comentaristas Casagrande e Caio.

Ameaçados, os jornalistas voltaram para os estúdios da emissora, na Zona Sul, e fizeram toda a transmissão de lá.

Segundo a coluna, os protestos contra a TV Globo ocorrem porque a emissora não chama o Allianz Parque pelo nome e torcedores também alegam que a emissora protege o principal rival, o Corinthians. Além disso, Cléber Machado seria santista, oponente do Palmeiras na noite de quinta-feira (2).

Durante o jogo, a Globo registrou 31 pontos de audiência. No mesmo horário, a Record marcou 9 pontos e o SBT 7. Em novembro, a partida em que o Corinthians conquistou o título do Campeonato Brasileiro marcou 24 pontos no Ibope. Cada ponto equivale a 67 mil domicílios na Grande São Paulo. (Terra)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

1 comentário

  • O fato do Kleber ser santista não incomoda em nada. Não falar o nome do estádio até entendemos, é uma questão comercial. O grande problema é que a Globo não transmite jogos do Palmeiras a anos. E com certeza isto atrapalha a divulgação, exposições do clube. Por isso,enquanto a Retirada não se retratar passando muitos jogos do Palestra por anos, serão muito mal vindos em nossa casa!

error: Ops! não foi dessa vez.