Amazonas Destaques Esportes

GP Áustria: Kimi e Alonso batem forte, Rosberg vence e Massa fica em 3º

A batida entre Miki e Alonso, no GP da Áustria/Foto: AP
A batida entre Miki e Alonso, no GP da Áustria/Foto: AP
Redação
Escrito por Redação

Felipe Massa suportou pressão de Sebastian Vettel no fim do GP da Áustria, hoje, domingo, e conseguiu seu primeiro pódio na temporada. O brasileiro terminou em 3º, atrás das duas Mercedes. Nico Rosberg venceu, com Lewis Hamilton em segundo.
A última vez que Massa havia conseguido pódio foi na última prova da temporada passada, quando terminou em 2º na etapa de Abu Dhabi.

O piloto da Williams largou em 4º, atrás de Vettel, e aproveitou a demora do alemão na primeira parada nos boxes. Um mecânico da Ferrari atrasou na troca do pneu direito traseiro.

A cinco voltas para o fim, Vettel partiu com tudo para cima de Massa. A diferença era de 0,5s. O alemão esperou o emparelhamento para abrir a asa móvel da Ferrari. Apesar da pressão, Massa se defendeu com segurança, conquistando o terceiro lugar.

Felipe Nasr terminou em 11º lugar, fora da zona de classificação. Bottas ficou em quinto, seguido por Hulkenberg, Maldonado, Verstappen, Perez e Ricciardo, completando as 10 primeiras colocações.

Volta inicial teve acidente e ultrapassagem

Largando pelo lado direito (na 2ª posição), Nico Rosberg arrancou mais rápido que Lewis Hamilton e encurralou o inglês para o lado esquerdo antes de entrar na curva à direita. Hamilton tentou duas ultrapassagens nas curvas adiantes, sem sucesso.

A pressão sobre o rival na 1ª volta foi interrompida devido à forte colisão entre os carros de Kimi Raikkonen, da Ferrari, e Fernando Alonso, da McLaren.

No choque, a McLaren foi parar sobre a Ferrari, ambas destruídas após batida no muro. Kimi perdeu o controle da traseira e recebeu forte tranco de Fernando Alonso, que vinha logo atrás. Os dois pilotos saíram sem ferimentos e se cumprimentaram.

Raikkonen disse desconhecer o motivo pelo qual perdeu a tração.

A bandeira amarela foi acionada. O reinício ocorreu na 7ª volta sem ultrapassagens no pelotão da frente.

Felipe Massa se manteve em 4º sem ameaçar Vettel, que vinha à frente. Felipe Nasr largou em oitavo e conservou a posição por mais de 20 voltas.

Na briga pela 1ª posição, Rosberg começou abrir vantagem sobre Hamilton. Na 25ª volta, o alemão tinha 4s de diferença.

As duas Mercedes entraram pela 1ª vez nos boxes após quase que na metade do GP. As Williams também iniciaram a corrida com tanques cheios e optaram pelo acesso ao pit stop logo depois das Mercedes.

O trabalho dos mecânicos da Ferrari atrasou muito na troca do pneu direito traseiro, e Vettel viu Massa roubar a 3ª posição na volta 38.

Vacilo de Hamilton deu tranquilidade a Rosberg

A vantagem de Rosberg, que já era boa, ficou muito maior após o aviso de punição a Hamilton na volta 39. O inglês atravessou a linha que demarca a saída dos boxes. Por esse motivo, serão acrescidos 5 segundos no tempo final de Hamilton na prova.

Pelo rádio, Hamilton perguntava qual era o motivo da punição.

A 11 voltas do fim, Rosberg tinha 6s de vantagem sobre Hamilton, além de mais 5s que serão dados ao inglês.(UOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.