Amazonas Esportes

Grêmio cala o Mineirão e derrota o Atlético Mineiro deixando o Corinthians lider

Grêmio comemora segundo gol, de Luam/Foto: Divulgação
Grêmio comemora segundo gol, de Luam/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

uando começou a partida no Mineirão entre Atlético-MG e Grêmio, os mineiros recuperaram a liderança do Campeonato Brasileiro, que estava com o Corinthians desde a noite de ontem (12). Mas, por apenas 40 minutos, tempo que o Grêmio precisou para fazer o seu primeiro gol para vencer o Atlético por 2 a 0 e entrar de vez na briga pelo título.
Douglas e Luan foram os autores dos gols gremistas, que agora soma 33 pontos, quatro a menos do que o líder isolado Corinthians. Para completar a ótima semana, que começou com a histórica goleada por 5 a 0 sobre o Internacional, o Grêmio fecha o turno com o Joinville, dentro de casa.

Já o Atlético, que foi líder do Brasileiro por sete rodadas seguidas, perdeu pela primeira vez no novo Mineirão como mandante. Depois de somar apenas um ponto em duas partidas, a chance de recuperação é diante da Chapecoense, em Santa Catarina. Para terminar com o título simbólico do primeiro turno, o Atlético precisa ter um resultado melhor do que o Corinthians, que também vai até Santa Catarina, mas para enfrentar o Avaí.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 0 X 2 GRÊMIO
Data: 13/08/2015 (quinta-feira)
Horário: 21h (de Brasília)
Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 49.047
Renda: R$ 1.395.250,00
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA)
Auxiliares: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO)
Cartões amarelos: Douglas Santos e Leonardo Silva (CAM) Douglas, Luan e Marcelo Grohe (GRE)
Gols: Douglas aos 40 min do primeiro tempo; Luan aos 9min do segundo tempo

ATLÉTICO-MG
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete (Luan, aos 14 do 2º), Rafael Carioca, Dátolo e Guilherme (Dodô, aos 23 do 2º); Thiago Ribeiro e Lucas Pratto.
Técnico: Levir Culpi.

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Galhardo, Pedro Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano, Douglas (Edinho, aos 30 do 2º) e Pedro Rocha (Fernandinho, aos 21 do 2º); Luan (Bobô, aos 42 do 2º).
Técnico: Roger Machado

Joinville atropela o Cruzeiro de Luxa

Buscando reagir de vez no Brasileirão e passar a se preocupar com a parte de cima da tabela, o Cruzeiro visitou o Joinville, mas se deu muito mal. Completamente dominado, o atual campeão brasileiro não teve chances, em Santa Catarina.

Vítima da bola parada catarinense e totalmente perdido, o time de Luxemburgo apresentou um de seus piores desempenhos nas 18 rodadas e sofreu uma derrota mais que justa por 3 a 0.

Marcelinho Paraíba, Bruno Aguiar e Trípode marcaram para o Joinville. Com o resultado, o time da casa se beneficiou pelos resultados dos concorrentes e subiu para a 17ª colocação com 16 pontos. O Cruzeiro volta para casa com o revés e cai para o 14º lugar, com 21. Na próxima rodada, o JEC fecha o primeiro turno visitando o Grêmio, enquanto o Cruzeiro recebe o Internacional.

Ponte não dá chance ao Avaí

Borges deixou o campo no intervalo cabisbaixo após desperdiçar um pênalti no fim do primeiro tempo. Mas o atacante não precisou de muito tempo para se redimir. Aos 14min da etapa final, fez um belo gol de cabeça e deu início à vitória de 2 a 0 da Ponte Preta sobre o Avaí em duelo disputado na noite desta quinta-feira, pela 18ª rodada do Brasileirão. Felipe Azevedo, um dos destaques da partida, foi o autor do outro gol.

Com a vitória, a Ponte Preta chega a segunda vitória seguida, na segunda partida de Doriva, que mantém 100% de aproveitamento no comando alvinegro. O resultado leva a Ponte Preta aos 25 pontos e a coloca três posições acima na tabela, ficando com o décimo lugar. Já o Avaí estaciona nos 20, acaba ultrapassado pelo rival Figueirense e cai para a 16ª colocação.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.