Amazonas Cidades

Greve da Ufam completa 50 dias nesta segunda feira (3)

adua
Redação
Escrito por Redação

A greve dos docentes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) completa 50 dias nesta segunda-feira (3). A paralisação da categoria, que tem caráter de ocupação, teve início no dia 15 de junho e segue por tempo indeterminado até que os professores decidam encerrar o movimento paredista. A mobilização segue forte e o Comando Local de Greve (CLG) divulgou a programação da 8ª semana de paralisação.

 

Nesta segunda (3), integrantes do Comando Local Unificado de Greve (CLUG) se reúnem às 9h no auditório da Associação dos Docentes da Ufam (ADUA) para preparar as atividades da semana. À tarde, ainda na sede da seção sindical, ocorrerá a reunião das Comissões do Comando, com intuito de organizar a infraestrutura e suporte para realização dos eventos programados.

 

Na terça-feira (4), ocorre a 3ª rodada da série de debates na ADUA, a partir das 9h. As discussões giram em torno de temas específicos dos trabalhadores do Ensino Superior. Na semana passada entrou em pauta “A proposta do governo e os desdobramentos da greve” e “A carreira docente e a nova resolução de progressão e promoção na Ufam”.

 

Já na quarta (5), professores, técnico-administrativos e estudantes realizarão Assembleia Geral Unificada para avaliar a conjuntura e o momento da greve e, também, para apontar estratégias de negociação da política salarial. A reunião ocorrerá durante ato público agendado para as 07h30, no Bosque da Resistência, na entrada do Campus Universitário.

 

Após a Assembleia Unificada, os participantes promovem manifestação em frente à Reitoria para cobrar da administração superior informações sobre os impactos do corte orçamentário das universidades. O Governo Federal cortou mais de R$ 9 bilhões do orçamento da educação pública.

 

Os integrantes do movimento paredista querem saber quais despesas da Ufam foram cortadas, quais foram pagas e quais não serão quitadas. O orçamento é público e cabe ao gestor prestar contas de forma republicana à comunidade universitária.

Na quarta-feira (5), docentes e técnicos fazem Assembleia Geral Unificada para avaliar movimento paredista das categorias e o andamento das negociações.

Na quarta-feira (5), docentes e técnicos fazem Assembleia Geral Unificada para avaliar movimento paredista das categorias e o andamento das negociações.

Encerrando a programação da semana, os docentes promovem nova rodada da série de debates na quinta-feira (6), às 9h, no auditório da ADUA. À tarde, também na sede da seção sindical, às 15h, está programada mais uma reunião do CLG.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.