Amazonas Economia

Greve na Receita Federal traz prejuízos a empresas do polo de Duas Rodas

Greve RF atinge polo de duas rodas no PIM/Foto: Reprodução
Redação
Escrito por Redação

O presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Manaus, Athaydes Mariano Félix, afirmou ontem que a “operação tartaruga”, promovida pelos auditores da Receita Federal, em Manaus, já causa paralisação nas linhas de produção das indústrias do segmento metalmecânico.
De acordo com o presidente do sindicato, a “greve branca” já ocasionou redução no número de linhas de produção no terceiro turno, pela demora na liberação de insumos e componentes para atender as linhas de produção.

O dirigente anunciou que as empresas que antes operavam pelo canal verde, um tipo de desembaraço aduaneiro, mais rápido e sem burocracia, agora, estão liberando pelo canal vermelho, o que demanda mais de 20 dias, em prejuízo das operações industriais, com redução da produção.

“Além da crise que enfrentamos, o novo problema deverá causar demissões em algumas empresas do segmento”, alertou Athaydes Mariano Félix, ao apontar, como exemplo, a grave situação da indústria de duas rodas. As empresas reduziram o ritmo da produção com a queda nas vendas pelo corte do crédito, além do desestímulo provocado pela alta dos juros, o desemprego e a incerteza nos rumos da economia do País.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.