Mundo

Grupos bloqueiam ruas de Porto Príncipe, a 48 horas de eleição presidencial

Barricadas em ruas de Porto Príncipe, no Haiti/Foto: Reprodução
Barricadas em ruas de Porto Príncipe, no Haiti/Foto: Reprodução
Redação
Escrito por Redação

Grupos violentos bloquearam, hoje, sexta-feira, várias ruas do centro de Porto Príncipe, horas antes de uma manifestação convocada para protestar contra o presidente haitiano, Michel Martelly, e o processo para escolher seu sucessor, a dois dias do segundo turno das eleição.
O executivo advertiu que não permitirá manifestações a tão poucas horas do pleito, que só tem um candidato, o governista Jovenel Moise.

Na semana passada o candidato opositor Jude Celestin anunciou sua retirada, por considerar fraudulento o processo eleitoral iniciado em outubro.

O presidente Martelly reiterou na quinta-feira que o segundo turno das eleições presidenciais acontecerá neste domingo.

De madrugada um escritório da Comissão eleitoral em Leogane, cidade ao sul de Porto Príncipe, e um indivíduo tentou na quinta-feira à noite queimar outros dois emOuanaminthe e Thomonde, no nordeste do país, informaram hoje fontes policiais à Agência Efe.

No início da semana outros escritórios já tinham sido incendiados no norte do país.

A oposição reiterou que continuará com os protestos e fez uma convocação para a população bloquear as ruas nas principais cidades do país, em um aberto desafio à proibição do governo de manifestações.

“Este domingo é um dia que nós temos que demonstrar que sabemos o que queremos. Como presidente da República garanto que tudo transcorrerá com normalidade. A polícia e a missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) têm ordens de garantir que o processo se desenvolva normalmente”, disse o presidente.

“Precisamos dessa eleição para que a democracia avance e para que todos possam participar. A oposição quer violência, mas vamos aplicar as leis como devemos para proteger o país e os cidadãos”, concluiu Martelly.(Terra/EFE)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.