Amazonas Esportes

Hamiltom tem problema e Rosberg fatura mais uma pole, agora na Rússia

Rosberg(C), Haikkonen(E) e Bottas(D), Gp da Rússia/Foto: Getty Images
Redação
Escrito por Redação

A classificação do GP da Rússia se desenhava para ter um desfecho emocionante, com Nico Rosberg e Lewis Hamilton andando muito próximos um do outro, desde os treinos livres, porém, um problema no carro do inglês deixou o caminho livre para o líder do campeonato marcar a pole pela segunda vez no ano.
Sem marcar tempo no Q3, Hamilton largará apenas em décimo. O inglês ainda não teve um final de semana limpo até aqui, tendo tido primeiras curvas ruins na Austrália e no Bahrein, e sofrido problemas no motor na China, quando largou em último. Rosberg, por sua vez, venceu as três provas.

Com isso, Valtteri Bottas vai largar em segundo e Kimi Raikkonen, em terceiro. Punido em cinco posições no grid pela troca do câmbio, Sebastian Vettel foi o segundo mais rápido, mas larga apenas em sétimo.

Entre os brasileiros, Felipe Massa sairá na quarta colocação e Felipe Nasr larga em 19º. Mesmo com a posição ruim, o treino foi positivo para o brasileiro, que superou com folga o companheiro Marcus Ericsson na primeira classificação em que usou um novo chassi, o que melhorou o comportamento de sua Sauber em relação às provas anteriores.

Q1
A primeira parte do treino deveria servir apenas para os pilotos da Mercedes se garantirem na fase seguinte, mas acabou tendo um intenso duelo entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton, com vantagem de apenas um décimo para o segundo. A dupla foi seguida pelas Ferrari e pelas Williams, separadas por apenas três décimos. Outro destaque foi Fernando Alonso, sétimo com a McLaren.

Na luta para escapar da degola, Felipe Nasr vinha bem até errar em sua penúltima tentativa. O brasileiro não conseguiu melhorar na volta final e se classificou em 19º. Ainda assim, o piloto foi meio segundo mais rápido que o companheiro Marcus Ericsson, na primeira corrida em que utiliza o novo chassi na Sauber. O sueco vai largar em último. Também foram eliminados no Q1 os dois pilotos da Renault, Kevin Magnussen e Jolyon Palmer, com vantagem para o dinamarquês, e da Manor, com Wehrlein mais rápido que Haryanto.

Q2
Como os pilotos são obrigados a largar com o pneu utilizado no Q2, o duelo interno da Mercedes não se repetiu, com Rosberg e Hamilton apenas fazendo uma volta para se garantir no Q3. Rosberg se deu melhor, com boa vantagem. As Ferrari novamente se colocaram tranquilamente em terceiro e quarto, enquanto as Williams esperavam até os últimos minutos para irem à pista, mas se garantiram em quinto e sexto.

Quem teve mais dificuldade em se colocar no top 10 foi o dono da casa Daniil Kvyat, que se garantiu apenas no décimo posto, deixando de fora do treino Carlos Sainz, Jenson Button, Nico Hulkenberg, Fernando Alonso e a dupla da Haas, Romain Grosjean e Esteban Gutierrez.

Q3
A prometida luta pela pole terminou antes mesmo do Q3 começar, com Hamilton ficando de fora pelos mesmos problemas de motor que teve na China, apesar da Mercedes ter trocado sua unidade de potência. Tranquilo para fazer a pole, Rosberg foi oito décimos mais rápido que Vettel em sua primeira tentativa, com Bottas em terceiro, Raikkonen em quarto e Massa em quinto, seguido pelos dois pilotos da Red Bull.

Mesmo tendo errado sua segunda tentativa, Rosberg obteve a pole com folga, com Vettel em segundo. O alemão, contudo, perderá cinco posições pela troca de câmbio. Isso alçou Valtteri Bottas, que fez grande volta para superar a Ferrari do compatriota Kimi Raikkonen, ao segundo lugar no grid. Felipe Massa não fez um grande Q3 e larga em quarto, à frente de Daniel Ricciardo e Sergio Perez. A punição fará Vettel largar em sétimo, com Kvyat, Verstappen e Hamilton fechando o top 10.

A largada está marcada para as 09h00, pelo horário de Brasília.

Confira os tempos da classificação do GP da Rússia
1. Nico Rosberg ALEMercedes-Mercedes 1m 35.417s
2. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes 1m 36.536s
3. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari 1m 36.663s
4. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes 1m 37.016s
5. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-Renault 1m 37.125s
6. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes 1m 37.212s
7. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari 1m 36.123s *punido
8. Daniil Kvyat RUS Red Bull-Renault 1m 37.459s
9. Max Verstappen HOL Toro Rosso-Ferrari 1m 37.583s
10. Lewis Hamilton ING Mercedes-Mercedes sem tempo

11. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Ferrari 1m 37.652s
12. Jenson Button ING McLaren-Honda 1m 37.701s
13. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes 1m 37.771s
14. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda 1m 37.807s
15. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari 1m 38.055s
16. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari 1m 38.115s

17. Kevin Magnussen DIN Renault-Renault 1m 38.914s
18. Jolyon Palmer ING Renault-Renault 1m 39.009s
19. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari 1m 39.018s
20. Pascal Wehrlein ALE Manor-Mercedes 1m 39.399s
21. Rio Haryanto INA Manor-Mercedes 1m 39.463s
22. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari 1m 39.519s

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.