Destaques Esportes

Hamilton larga mal e Rosberg vence GP do Japão

Rosberg coloca 33 pontos de vantagem sobre Hamilton/Foto: Getty Images
Rosberg coloca 33 pontos de vantagem sobre Hamilton/Foto: Getty Images
Redação
Escrito por Redação

Nico Rosberg deu mais um passo rumo ao título da temporada 2016 da Fórmula 1 ao vencer o GP do Japão de ponta a ponta e ainda ver Lewis Hamilton perder pontos importantes após largar mal. O alemão abriu 33 pontos de vantagem em relação ao companheiro Lewis Hamilton, que chegou a cair para o oitavo lugar e teve de fazer uma corrida de recuperação para chegar em terceiro, após grande briga com Max Verstappen.
A prova foi mais um golpe na campanha de Hamilton, que não venceu nenhuma prova desde julho e ainda viu o companheiro conquistar três das quatro provas disputadas. O resultado de Suzuka, contudo, permitiu a conquista antecipada do mundial de construtores pela Mercedes.

Rosberg coloca 33 pontos de vantagem sobre Hamilton/Foto: Getty Images

Rosberg coloca 33 pontos de vantagem sobre Hamilton/Foto: Getty Images

Hamilton largou muito mal e caiu para a oitava colocação, enquanto Rosberg manteve a liderança, seguido por Verstappen, Perez, Ricciardo, Vettel, Hulkenberg e Raikkonen. Largando com os pneus médios, Massa caiu de 12º para14º e Nasr passou em 19º.

As Ferrari começaram bem, ganhando terreno nas primeiras voltas. Vettel logo subiu para terceiro e Raikkonen também foi escalando o pelotão, trazendo Hamilton consigo.

Já na volta 10, contudo, começou a primeira rodada de pitstops. Ao antecipar a parada, a Red Bull se deu bem e saiu com o segundo e quarto lugares. Porém, logo após a parada, Hamilton voltou andando forte e logo passou Ricciardo, assumindo o quarto posto. Enquanto isso, mais atrás, Raikkonen passava Perez em uma boa manobra na reta.

Assim, após 20 voltas completadas, Rosberg liderava com 4s de vantagem para Verstappen. Vettel, Hamilton, Ricciardo e Raikkonen completavam o top 6. Enquanto isso, as Williams tentavam uma estratégia diferente, com uma parada a menos.

Entre os ponteiros, a tática foi colocar dois jogos de pneus duros ao longo da prova. Rosberg passou toda a prova controlando o ritmo em relação a Verstappen, não abrindo mais de seis segundos em relação ao segundo colocado.

Quem tentou uma estratégia diferente foi Sebastian Vettel. O alemão estendeu ao máximo seu segundo stint e arriscou colocar os pneus macios para as 19 voltas finais. Com a tática, o piloto da Ferrari perdeu a terceira colocação para Hamilton, mas voltou colado no inglês, que estava com pneus duros.

A batalha vez com que os dois tirassem a vantagem em relação ao segundo colocado Verstappen, que teve de apertar o ritmo. Bastante atrapalhado pelos retardatários, Vettel foi perdendo terreno ao longo das voltas, mas Hamilton seguiu acelerando e chegou a menos de um segundo com oito voltas para o final, para lutar pelo segundo lugar.

Mais atrás, a dupla da Williams conseguia colocar os dois carros nas duas últimas colocações do top 10, que tinha ainda Raikkonen em quinto, Ricciardo em sexto, Perez em sétimo e Hulkenberg em oitavo.

Na disputa pelo segundo posto, Hamilton tentou apertar Verstappen até o final, mas não conseguiu ultrapassar o holandês. O inglês chegou a colocar de lado na chicane, mas perdeu a freada e foi reto, na penúltima volta.

Com quatro provas para o fim, 100 pontos ainda estão em jogo. A próxima etapa será nos Estados Unidos, em duas semanas.

Confira o resultado do GP do Japão

1. Nico Rosberg ALE Mercedes-Mercedes 53 volta
2. Max Verstappen HOL Red Bull-TAG Heuer +4.9s
3. Lewis Hamilton ING Mercedes-Mercedes +5.7s
4. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari +20.2s
5. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari +28.3s
6. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-TAG Heuer +33.9s
7. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes +57.4s
8. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes +59.7s
9. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes +97.7s
10. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes +98.3s

11. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari +99.2
12. Jolyon Palmer ING Renault-Renault +1 volta
13. Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Ferrari +1 volta
14. Kevin Magnussen DIN Renault-Renault +1 volta
15. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari +1 volta
16. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda +1 volta
17. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Ferrari +1 volta
18. Jenson Button ING McLaren-Honda +1 volta
19. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari +1 volta
20. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari +1 volta
21. Esteban Ocon FRA MRT-Mercedes +1 volta
22. Pascal Wehrlein ALE MRT-Mercedes +1 volta

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.