Cidades

Homem é executado dentro de táxi por dupla em motocicleta

Redação
Escrito por Redação

Suspeito por envolvimento com o tráfico de drogas, Alessandro da Silva Meireles, de 21 anos, o “Passarinho”, foi executado com três tiros dentro de um táxi, na madrugada de quinta-feira (7), em Manaus. O taxista Daniel da Silva Siqueira, idade não revelada, que presta serviço para a empresa Tocantins Rádio Taxi, também foi baleado e levado para o hospital.

De acordo com os policiais militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o táxi Cobalt, cor branca, placa NOW-3891, parou no semáforo que fica entre as avenidas Francisco Queiroz e Max Teixeira, próximo a um posto de combustível, bairro Cidade Nova, zona Norte. Dois homens não identificados, em uma motocicleta também não identificada abordaram o veículo e, em seguida, o garupa efetuou os disparos contra os ocupantes.

Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), consta que Alessandro responde processos por tráfico de drogas - fotos: divulgação

Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), consta que Alessandro responde processos por tráfico de drogas – fotos: divulgação

Alessandro foi alvejado por três vezes, sendo dois na cabeça e outro na costela, vindo a morrer no local. O taxista Daniel foi atingido no abdômen e na perna, sendo socorrido para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Danilo Corrêa, mesmo bairro.

Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), consta que Alessandro responde processos por tráfico de drogas. A polícia suspeita de acerto de contas. Já Daniel será investigado se tem alguma participação no mundo do crime.

O corpo de Alessandro foi removido para o instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.