Cidades

Homem é preso por falsidade ideológica na Zona Norte de Manaus

Horácio foi indiciado por uso de documento falso, falsidade ideológica e uso de documento falso para fins eleitorais - foto: divulgação/Polícia Civil
Redação
Escrito por Redação
Horácio foi indiciado por uso de documento falso, falsidade ideológica e uso de documento falso para fins eleitorais - foto: divulgação/Polícia Civil

Horácio foi indiciado por uso de documento falso, falsidade ideológica e uso de documento falso para fins eleitorais – foto: divulgação/Polícia Civil

Horácio de Almeida Castelo Branco Júnior, de 40 anos, foi preso na tarde de sexta-feira (26), em cumprimento a mandado de prisão por falsidade ideológica e uso de documentos falsos. O fato ocorreu por volta das 14h, na Rua Creta, bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus.

De acordo com o titular da unidade policial, delegado Leonardo Valença, o mandado de prisão preventiva em nome de Horácio foi expedido no dia 21 de junho deste ano, pela juíza da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute), Rosália Guimarães Sarmento.

“No final do ano de 2015, Horácio foi preso por tráfico de drogas, mas na ocasião apresentou documento falso, em nome de outra pessoa. Durante investigação descobrimos a farsa e representei o pedido de prisão preventiva em nome do infrator. Ele foi localizado em uma distribuidora de bebidas”, explicou o delegado.

Durante revista realizada no estabelecimento comercial, os policiais civis apreenderam novos documentos de identificação falsos, incluindo título de eleitor, que ele teria usado para votar nas últimas eleições.

O homem foi indiciado por uso de documento falso, falsidade ideológica e uso de documento falso para fins eleitorais. Ao término dos procedimentos cabíveis Horácio será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Por Josemar Antunes e assessoria

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.