Cidades

Homem morre a tiros ao defender irmão durante assalto, na Zona Centro-Sul de Manaus

Redação
Escrito por Redação

O vendedor autônomo Carlos Eduardo Nascimento Normando, de 23 anos, morreu com três tiros em um hospital de Manaus, durante um assalto na noite de domingo (31). O crime ocorreu na Rua 2, do Conjunto Celetramazon, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus.

Segundo as informações do irmão da vítima, Carlos Henrique Nascimento, de 26 anos, Carlos e um irmão, de 19 anos, saíram de casa para ir ao supermercado DB, quando foram abordados pelos dois criminosos que anunciaram o assalto e exigiram o aparelho celular.

“Carlos tentou tirar o celular do bolso, mas como era fundo não conseguiu. Um dos bandidos gritou com ele e disse que estava de brincadeira, foi quando o criminoso apontou a arma e começou a efetuar os disparos contra o nosso irmão mais novo. Nesse momento, Carlos, empurrou um dos suspeitos que ao cair no chão começou a atirar nele”, disse.

Carlos Eduardo foi atingido com três tiros e morreu a caminho do HPS 28 de Agosto - foto: arquivo pessoal/Facebook

Carlos Eduardo foi atingido com três tiros e morreu a caminho do HPS 28 de Agosto – fotos: arquivo pessoal/Facebook

Carlos foi atingido por três tiros, sendo no pescoço, ombro, mão e braço. O irmão mais novo não chegou a ser baleado. Em seguida, os criminosos fugiram sem terem conseguido roubar o celular.

Ferido, Carlos foi socorrido por vizinhos e levado ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul, mas morreu a caminho da unidade hospitalar. A vítima também era praticante de arte marcial originária da Tailândia.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O caso é investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

Por Josemar Antunes

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.