Amazonas Destaques Política

Homenagem à UEA na Assembleia do AM destaca avanços no ensino e nas pesquisas

Reitor Cleinaldo Costa ao lado de Amazonino Mendes, Belarmino e Adjuto/Foto: Divulgação
Reitor Cleinaldo Costa ao lado de Amazonino Mendes, Belarmino e Adjuto/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Com mais de 27 mil alunos matriculados na capital e no interior, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), é referência na formação acadêmica e no desenvolvimento social do Estado, razão pela qual, os resultados de seus 15 anos de atuação no Amazonas foram enaltecidos ontem (05), em Sessão Especial na Assembleia Legislativa do Amazonas, sendo ressaltado o fato de ela ser considerada a maior universidade multicampi do País, já tendo formado mais de 40 mil pessoas nos cursos regulares, e 5 mil alunos em pós-graduação.
A amplitude dos investimentos na área da pesquisa tem garantido credibilidade da UEA junto às instituições estrangeiras. Prova disso são os acordos de cooperação técnica firmados para elevar a qualidade na formação superior dos cidadãos amazonenses. Entre esses acordos, destaca-se a parceria da UEA com o Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), considerada a melhor universidade do mundo, segundo o Times Higher Education World University Rankings. O convênio foi assinado em janeiro deste ano e deve ampliar as oportunidades de intercâmbio e pós-graduação em diversas áreas.

Conforme o reitor da UEA, Cleinaldo Costa, a universidade se consolida como uma instituição que cumpre o seu propósito de garantir investimentos promissores para os cidadãos amazonenses e profissionais da educação. “A UEA mantém-se nesses 15 anos com esse propósito nos 61 municípios amazonenses. É importante lembrar nessa trajetória que, nos últimos 3 anos, inserimos mais de 100 professores nos programa de doutoramento, mandamos mais de 100 alunos para o Programa Ciências Sem Fronteiras e temos mais de 40 acordos de cooperação técnica com as principais universidades do país e no exterior. Isso nos qualifica como uma potência regional em educação superior e, ao mesmo tempo, nos permite reconhecer que a UEA hoje é estratégica para o desenvolvimento do Estado do Amazonas”.

O idealizador do projeto educacional, o ex-governador Amazonino Mendes, ressaltou o papel que a universidade conserva atualmente no Estado do Amazonas. “A UEA é uma universidade que realiza suas atividades com vistas a capacitar pessoas cheias de qualidade para prestar serviços para a sociedade. Fico feliz em saber que temos preparados profissionais capazes de fazer pesquisas em nossa região e com esses conhecimentos tornar o povo mais sábio”.

Cursos – Atualmente, a UEA possui 37 cursos regulares e 29 de oferta especial, 9 cursos de Mestrado e 4 de Doutorado. No último vestibular, a UEA ofereceu 4.605 vagas e quatro novos cursos: Tecnologia em Gestão Comercial (Interior); Tecnologia em Agrimensura e em Biotecnologia, na capital, e Licenciatura em Educação Física. A solenidade especial na Aleam homenageou sete pessoas pelos trabalhos realizados ao longo desses anos, assim como o ex-governador Amazonino Mendes, que, em 2001, criou a instituição.

Interior –  No interior do Amazonas, a UEA possui 6 Centros de estudos superiores e 12 núcleos de Ensino. No último dia 31 de março, o governador José Melo inaugurou um Núcleo de Ensino da universidade no município de Ipixuna, na calha do Juruá, onde são ofertados os cursos de Tecnologia em Gestão Pública e Licenciatura em Letras – Língua Portuguesa.  Atualmente, 4 núcleos estão em construção nos municípios de Boa Vista dos Ramos, Barcelos, São Sebastião do Uatumã e Jutaí.

Homenageados – Na Sessão Especial da Aleam, foram honrados o ex-governador e idealizador do projeto, Amazonino Mendes; Lourenço dos Santos Pereira Braga (1º Reitor da UEA); José Ramos Lopes  (Assessor Técnico Administrativo); Dacila Ferreira Machado (Coordenadora de Recursos Humanos);  Marilene Nobre Cavalcante de Souza (Coordenadora de Administração); David Xavier da Silva (Professor); Rodrigo Augusto Ferreira de Souza (Professor); Deusdetite dos Anjos Menezes (Encarregado da Manutenção Predial).

O 1º Reitor da UEA, Lourenço dos Santos Pereira Braga, descreve as principais características da Universidade do Estado do Amazonas junto ao povo amazonense. “Eu repito, hoje, 15  anos depois. o que eu disse no início da universidade: Esta é a maior conquista da juventude amazonense nesse início de século. Nenhum presente poderia se dar para a juventude do Estado melhor do que esse. Uma universidade verdadeiramente amazonense tem o compromisso de aprender a cultura amazonense e de construir uma cultura diferente, sobretudo, no interior do Estado. Espero que ela se torne maior ainda”.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.