Cidades

IFAM e TRE-AM abrem mais de 500 vagas para técnicos nas eleições 2016

O candidato deverá residir no município para o qual concorre à vaga/Foto: divulgação
O candidato deverá residir no município para o qual concorre à vaga/Foto: divulgação
Redação
Escrito por Redação
O candidato deverá residir no município para o qual concorre à vaga/Foto: divulgação

O candidato deverá residir no município para o qual concorre à vaga/Foto: divulgação

As eleições municipais de 2016 estão chegando e o Instituto Federal de Educação do Amazonas (IFAM) em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) abrem Processo Seletivo com 556 vagas para profissionais atuarem como técnicos de urna ou técnicos de transmissão nos cartórios eleitorais do Amazonas. As inscrições serão feitas exclusivamente no site do IFAM, www.ifam.edu.br, no período de 01 a 08 de agosto.

Os selecionados serão remunerados em R$1 mil reais mensalmente e receberão os benefícios de auxílio transporte e auxílio alimentação. A carga horária será de 44 horas mensais. Além disso, o candidato deverá residir no município para o qual concorre à vaga e no caso do técnico de transmissão deve ter a disponibilidade para viagens a longo prazo dentro do Amazonas.
A avaliação curricular será feita no período de 09 a 12 de outubro. O resultado preliminar será divulgado dia 15 de agosto. Após o período de recursos, os classificados serão divulgados em 18 de agosto no site do IFAM.
Os candidatos ao cargo Técnico de Urna (grupo 1) e Técnico de Transmissão (grupo 2) devem possuir Ensino Médio Completo e experiência mínima de 3 meses em microinformática comprovada ou Técnico de Nível Médio em Informática ou Eletrônica. As descrições dos cargos estão disponíveis no Edital que poderá ser acessado AQUI.

DOCUMENTOS EXIGIDOS NA INSCRIÇÃO

• Formulário preenchido no site do IFAM;
• Ser brasileiro nato ou naturalizado, conforme disposto na Constituição Federal Brasileira de 1988;
• Ter idade mínima de 18 anos;
• Estar em dia com as obrigações militares (apenas para o sexo masculino);
• Estar em dia com as obrigações eleitorais;
• Residir no município para o qual concorre à vaga;
• Ensino Médio completo;
• Experiência mínima de 3 meses em microinformática, com conhecimento em operação e/ou instalação de aplicativos, comprovada em Carteira de Trabalho ou Declaração de Pessoa Jurídica, contendo a descrição das atividades desenvolvidas que conste registro de desempenho de atividade ligada à área de microinformática;
• Declaração do Cartório Eleitoral ou por anotação na Carteira de Trabalho que comprove a atuação do profissional em pelo menos uma eleição, se houver;
• Ter idoneidade moral, comprovada através de certidões junto às JUSTIÇAS CIVIL e CRIMINAL dos lugares onde o empregado residiu nos últimos cinco anos;
• Não ser filiado a qualquer partido político e nem exercer atividade político-partidária no período da contratação;
• Não ser cônjuge, companheiro(a) ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, de ocupantes de cargos de direção e de assessoramento e de membros e juízes vinculados à Justiça Eleitoral;
• Não ser servidor, empregado, estagiário ou afim, não tendo qualquer vínculo com a Administração Pública, seja no âmbito do poder Executivo, Legislativo ou Judiciário, Federal, Estadual ou Municipal, em suas autarquias, fundações ou empresas mistas;
• Não ter parentesco, até o 3º grau, com nenhum candidato a cargo eletivo majoritário ou proporcional, nos municípios que compõem a zona eleitoral onde estará prestando serviço;
• Curriculum Vitae contendo na 1ª página: Nome, cargo pretendido, endereço completo, e-mail e telefone para contato.

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO
Será feito em duas etapas: conferência de documentos; análise curricular e entrevistas, conforme edital.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.