Amazonas Política

Insistência do deputado Sinésio Campos embaralha decisão do PT Municipal

Deputados José Ricardo Wendling, Sinésio Campos e o presidente municipal do PT Thiago Medeiros.
Redação
Escrito por Redação

Não fosse a insistência do deputado Sinésio Campos (PT) em ser o escolhido do partido para se lançar pré-candidato a prefeito de Manaus, a decisão já teria saído ontem (17), depois de mais de 8 horas de reunião com a direção estadual e municipal da legenda.

A divergência pessoal entre os deputados Sinésio Campos e José Ricardo Wendling está quebrando a unidade interna do partido. A decisão para a escolha do candidato a pré-candidato do PT nas eleições municipais de 2016, para Manaus, sofre com a “birra” do deputado Sinésio em ser candidato da legenda, mesmo sabendo que a sua indicação não passa porque ele tem a minoria.

A discussão de ontem (17), era para saber quem levaria os 100 votos da RUL (Reunindo a Unidade na Luta), que hoje é a maior força interna do PT, no Estado. Mas não houve decisão. Pesa contra Sinésio, os mais de 25 mil votos de José Ricardo nas eleições para deputado estadual em 2014, contra os menos de 10 mil de Sinésio Campos. Ou seja, em matéria de densidade eleitoral, ele sai com três passos atrás do seu oponente.

Para a militância do partido, a matemática é simples: José Ricardo vem pavimentando a sua candidatura para a prefeitura de Manaus desde 2015. Com o título “Construindo uma Nova Manaus”, ele realizou vários seminários, discutiu educação, transportes, saúde, meio ambiente nas comunidades e dentro do mandato. Enquanto Sinésio deitava em berços esplêndidos nas lideranças dos governos ou nas facilidades dos aliados de ocasião.

A atuação de José Ricardo fez ele crescer junto à militância do PT, dentro e fora da sua corrente. Enquanto Sinésio se recolheu ao gabinete e ao seu pequeno grupo de apoiadores. Além disso, não consta nada contra José Ricardo nos tribunais eleitorais e de justiça, não está envolvido em corrupção e nem consta na sua trajetória política, casos de alinhamento político com partidos não autorizados pelo Diretório Nacional.

No entender de membros do partido, ele é o que pode trazer mais voto de legenda para manter, pelo menos, os três vereadores que existem na Câmara de Vereadores de Manaus. A meta da maior corrente do PT municipal, é manter ou ampliar a bancada do partido. Com Sinésio a chances são bem menores.

A decisão da escolha do pré-candidato do partido sai nesse sábado (18), na reunião com os 200 delegados do PT-Manaus. Eles é que vão decidir pelo nome do indicado do partido, para lançar o pré-candidato.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

1 comentário

  • Sinesio Campos, é hoje um político em fim de carreira. Sua candidatura será muito prejudicial ao futuro político do Partido dos Trabalhadores, por isso, penso que o nome de José Ricardo, é hoje o mais indicado. José Ricardo, é hoje o político mais respeitado e preferido do Estado do Amazonas, enquanto que Sinesio Campos, é o Preterido pela população Manauara.
    Com certeza, JOSÉ RICARDO!!

error: Ops! não foi dessa vez.