Amazonas Educação Política

Instituições de ensino precisam se profissionalizar, diz presidente do Sinepe/AM

Elaine Saldanha, presidente do Sinepe-Am/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
Elaine Saldanha, presidente do Sinepe-Am/Foto: Divulgação

                           Elaine Saldanha, presidente do Sinepe-Am/Foto: Divulgação

Juros altos, índice elevado de desemprego e inadimplência tem exigido uma mudança emergencial na postura dos empresários amazonenses. Em meio a esse cenário econômico desfavorável, setores têm buscado formas de se reinventar e retomar o crescimento, e entre os que têm apresentado boas perspectivas a curto, médio e longo prazo, está o da educação.
Entretanto, é essencial que haja profissionalização das instituições de ensino. “Independente do porte da escola, o gestor precisa enxergá-la como um negócio, com organização orçamentária, marketing, atendimento, métodos pedagógicos e professores e funcionários bem qualificados”, disse Elaine Saldanha, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Amazonas (Sinepe/AM).

A presidente do sindicato afirma que a falta dessa qualificação na gestão tem contribuído para o aumento nos índices de inadimplência de muitas instituições de ensino, levando-as a fecharem as portas. “Por isso, principalmente nesse momento em que vivemos, inovar deve ser a palavra de ordem, afinal, a educação precisa se transformar para acompanhar um cenário em constante evolução”, frisou.

Ela, que na quarta-feira (10), abriu o Seminário de Educação Sinepe/AM, que irá abordar melhorias para o ensino e formação dos cidadãos amazonenses, destaca que para uma educação de qualidade é necessário que os profissionais e instituições de ensino não se limitem apenas a conteúdos oferecidos nas salas de aulas, mas se preocupem também com a forma e com o que é ensinado hoje para uma geração nativa digital.

“Uma série de elementos essenciais deve ser necessária para uma educação de qualidade, como a cidadania, uma boa educação inclusiva, a especialização dos professores e pedagogos, melhoria de infraestrutura, o incentivo à socialização, a orientação aos pais e responsáveis, o estímulo à criatividade, o engajamento às práticas esportivas e à alimentação saudável, dentre outros”, pontuou a presidente do Sinepe/AM.

Seminário de Educação

Um dos destaques do evento, que tem como tema com o tema “Educação de Qualidade: Desafios e Perspectivas”, foi a palestra do educador financeiro Reinaldo Domingos, que é presidente da DSOP Educação Financeira e da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), que afirmou que a escassez de profissionais e a busca por qualificação para enfrentar o mercado de trabalho mais retraído são os fatores que contribuirão para o crescimento educacional no Amazonas para os próximos anos.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.