Educação

Instituto TIM beneficiou mais de 210 mil alunos de escolas públicas em 2016

218 mil alunos de diversas partes do país foram beneficiados por seus programas educacionais.
Redação I
Escrito por Redação I

O Instituto TIM encerrou mais um ano de atuação com resultado positivo: 218 mil alunos de diversas partes do país foram beneficiados por seus programas educacionais, que envolveram também sete mil professores de 2,6 mil escolas de toda a rede pública brasileira.

TIM Faz Ciência – proposta inovadora que convida professores e alunos do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental a explorar juntos as sete operações intelectuais próprias à produção de conhecimento – foi o programa do Instituto TIM que envolveu o maior número de estudantes no último ano. Ele impactou 136 mil alunos e quatro mil professores de mais de 1,7 mil escolas públicas em 115 municípios brasileiros. O objetivo da iniciativa é estimular nos estudantes o interesse pela ciência, além de mostrar as bases do pensamento científico.

Com mais de 81 mil alunos envolvidos, o projeto O Circulo da Matemática do Brasil foi outro destaque em 2016. Cerca de dois mil professores de 900 escolas foram formados na abordagem pedagógica The Math Circle – desenvolvida por Robert e Ellen Kaplan, da Universidade de Harvard – que promove o aprendizado da matemática de forma participativa, convidando a criança a construir o próprio conhecimento. Em abril, os professores Kaplan estiveram em Brasília e capacitaram, pessoalmente, 50 educadores, que depois fizeram formações com professores de escolas públicas de outros estados, tornando-se multiplicadores da abordagem.

218 mil alunos de diversas partes do país foram beneficiados por seus programas educacionais.

Outros programas
Em 2016, outros programas do Instituto TIM também seguiram sua evolução. O Academic Working Capital (AWC) – que estimula o empreendedorismo nas universidades – fechou mais um ciclo completo, apoiando o desenvolvimento de 27 projetos inovadores. Além disso, mais 50 alunos medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) foram contemplados com as Bolsas Instituto TIM-OBMEP – de R$ 1.200 mensais – para cursar o Ensino Superior, enquanto TIM Tec – plataforma de cursos online, livres, abertos e gratuitos – atingiu a marca de mais de 35 mil cadastrados em seus 25 cursos.

Outro avanço importante foi o desenvolvimento do software livre Busca Ativa Escolar, fruto da parceria do Instituto TIM com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) na iniciativa Fora da Escola Não Pode!. A solução tecnológica poderá ser utilizada por qualquer município que queira realizar a busca ativa de crianças e adolescentes fora da escola, atuar sobre os motivos da exclusão escolar e acompanhá-los durante o período de rematrícula. O piloto do projeto, realizado em oito cidades, contribuiu para a melhor definição das características da ferramenta tecnológica de gestão da busca ativa, para o correto mapeamento das estratégias de acompanhamento no território, bem como para a identificação das necessidades de formação que a iniciativa requer.

Por fim, em 2016, sete novas instalações do software livre para gestão cultural e mapeamento colaborativo Mapas Culturais entraram em operação (estados de São Paulo e Mato Grosso, Distrito Federal e municípios de Belo Horizonte, Ubatuba e Parnaíba, além das cidades da Associação de Municípios do Nordeste de Santa Catarina – AMUNESC). A plataforma agora está disponível também em aplicativo. Além disso, ZUP RIO, instalação do software livre para gestão de serviços e ativos urbanos ZUP no Centro de Operações Rio (COR), foi empregado durante as Olimpíadas e as Paralimpíadas do Rio de Janeiro.
Trezentos agentes de campo usaram o sistema para fazer a gestão da cidade durante os Jogos. Mais de mil relatos geraram algum tipo de ação da Prefeitura e mais de 90% foram informados e resolvidos através de ZUP.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário