Educação

Institutos Federais são excluídos do ranking ENEM 2015 por Escola

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM)
Redação
Escrito por Redação

Foi com grande surpresa que o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM) recebeu a notícia de que os Institutos Federais de todo o país tiveram as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2015 desconsideradas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão realizador do exame.

Segundo o INEP, os institutos federais não fazem mais parte do público-alvo do “ENEM 2015 por Escola”, pois os mesmos ofertam cursos técnicos integrados ao Ensino Médio e não o Ensino Médio “regular”.

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM)

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM)

De acordo com o presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Marcelo Bender Machado, o Conselho não tinha ciência de que a Rede Federal seria desconsiderada na última avaliação do Enem. “As instituições da Rede vêm crescendo positivamente no ranking. Portanto, tínhamos uma expectativa diferente para a divulgação do resultado. Cabe-nos, agora, dialogar e tentar reverter esta situação”, afirma.

 

No ano passado, o IFAM classificou-se entre as dez melhores instituições na capital com o campus Manaus Centro e no interior garantiu o 3º, 4º e 5º lugar com os campi Maués, Parintins e Presidente Figueiredo, respectivamente.

O reitor do IFAM, Antonio Venâncio Castelo Branco, ainda destaca que apesar do INEP não ter comunicado aos IFS sobre a retirada dos mesmos do ranking, as instituições cumprem a carga horária exigida por lei.

“É difícil acatar a justificativa do INEP de que o Ensino Médio Integrado não é o Ensino Médio Regular, tendo em vista que atendemos toda a carga horária prevista em Lei que é de 2400 horas”, disse ele reafirmando que esta situação fragiliza os Institutos Federais perante a sociedade.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.