Economia

Integração entre Guiana e ZFM em pauta na SUFRAMA

Rebecca Garcia convidou a Guiana para participar da Feira Internacional da Amazônia de 201 7
Rebecca Garcia convidou a Guiana para participar da Feira Internacional da Amazônia de 201 7
Redação
Escrito por Redação
Rebecca Garcia convidou a Guiana para participar da Feira Internacional da Amazônia de 201 7

Rebecca Garcia convidou a Guiana para participar da Feira Internacional da Amazônia de 201 7

A conselheira da embaixada da Guiana no Brasil, Megayla Austin, visitou nesta quarta-feira (14) a sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) para conhecer um pouco mais das atividades da autarquia e os trabalhos que a SUFRAMA vem realizando em prol do desenvolvimento regional. A diplomata foi recebida pela superintendente Rebecca Garcia, pela coordenadora geral de Comércio Exterior, Sandra Almeida, e pela coordenadora geral de Estudos Econômicos e Empresariais, Ana Maria Souza.
Durante a audiência, a conselheira assistiu a uma apresentação sobre diversas diretrizes e temáticas relacionadas à SUFRAMA e ao modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), incluindo o projeto Zona Franca Verde (ZFV), que objetiva potencializar a industrialização de produtos com preponderância de matéria-prima regional nas Áreas de Livre Comércio (ALCs) de todos os Estados da área de atuação da autarquia.

Questões logísticas que podem integrar a Guiana à Zona Franca de Manaus também foram tratadas durante a reunião. Com relação às potencialidades conjuntas da Guiana e da ZFM, a superintendente Rebecca Garcia afirmou que a equipe da SUFRAMA irá preparar um estudo que será entregue à Embaixada da Guiana no Brasil a fim de estreitar as relações entre as regiões. “Uma relação comercial só é plenamente eficiente quando todos os lados são beneficiados”, afirmou Rebecca. “A melhor contribuição da Guiana é trabalhar a infraestrutura que liga as regiões. Dessa forma, poderemos melhorar o escoamento da produção do Polo Industrial de Manaus e a importação de insumos da Guiana”, complementou.

A conselheira Megayla Austin lembrou, ainda, de atividades relacionadas à piscicultura na região, uma vez que a Guiana vem aprimorando ações neste sentido. A superintendente da SUFRAMA afirmou que o Estado de Rondônia – que integra a área de abrangência da autarquia – tem bastante conhecimento no cultivo de peixes e pode contribuir com a troca de informações para ampliar a atividade no país vizinho.

Ao fim do encontro, a superintendente Rebecca Garcia antecipou o convite à conselheira para que a Guiana possa participar da Feira Internacional da Amazônia de 201 7. “Teremos um grande evento, especialmente por ser o ano do cinquentenário da SUFRAMA e da Zona Franca de Manaus”, concluiu.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.