Amazonas Economia

Integração logística é discutida em audiência na SUFRAMA

Rebecca Garcia(Suframa) com o cônsul Faustino Ambrosini (Venezuela)/Foto: Divulgação
Rebecca Garcia(Suframa) com o cônsul Faustino Ambrosini (Venezuela)/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Durante audiência realizada ontem, sexta-feira (13), na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), a superintendente da autarquia, Rebecca Garcia, e o Cônsul Geral da República Bolivariana da Venezuela em Manaus, Faustino Ambrosini, discutiram alternativas logísticas para o escoamento de produtos fabricados no Polo Industrial de Manaus (PIM), através do porto público de Malta, localizado no lado caribenho da Venezuela.
A iniciativa visa a uma maior integração entre as duas regiões, com perspectiva de investimentos bilaterais que permitam aprimorar a infraestrutura que interliga Brasil e Venezuela, aumentar a capacidade logística do porto venezuelano e fornecer um acesso direto dos produtos brasileiros para o mar do Caribe, de onde poderiam ser transportados para diversos países com maior celeridade.

Segundo Ambrosini, dependendo do modal utilizado, o tempo que se leva para o transporte de produtos de Manaus para Malta é de 15h a 24h. Do porto fica facilitada a distribuição da produção do PIM para o mercado europeu e norte-americano ou para a Ásia, pelo Canal do Panamá.

Rebecca Garcia afirmou que essa proposta chega numa hora bem apropriada, tendo em vista que “nós estamos dentro do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) trabalhando em um grupo que vai explorar as potencialidades de exportação da Zona Franca”. A superintendente afirmou que vai compilar as informações apresentadas durante o encontro e levará para o conhecimento do MDIC, “como sendo uma das alternativas que podemos trabalhar nas parcerias com outros países”.

FIAM

Ao final do encontro, o cônsul venezuelano ratificou que a Venezuela participará da oitava edição da Feira Internacional da Amazônia (VIII FIAM), que será realizada entre os dias 18 e 21 de novembro, no Studio 5 Centro de Convenções, em Manaus. De acordo com Ambrosini, a missão venezuelana no evento contará com uma comitiva de 70 empresas.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.