Amazonas Economia

Investimentos em cadeias produtivas beneficiam mais de 700 famílias, no AM

O escoamento da produção, beneficia produtores/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), incentiva o fortalecimento das cadeias produtivas, com destaque para a produção de mandioca, maracujá, piscicultura, pesca, melancia, hortaliças, banana, abacaxi e castanha com o objetivo proporcionar melhores condições para o escoamento da produção.
As ações da Afeam, com crédito direcionado aos projetos especiais, que são voltados ao desenvolvimento das cadeias produtivas, beneficiaram no primeiro semestre de 2015 cerca de 450 famílias, com aporte de R$ 1,8 milhão, com ênfase no interior do Estado.

Segundo o presidente da Afeam, Evandor Geber, as cadeias produtivas variam de acordo com a região, em função de diversos fatores ambientais e culturais. “A exploração sustentável tem a finalidade de gerar renda e contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações que residem nos municípios e em seu entorno, que congregam associações, cooperativas e agroindústrias que fomentam a economia da região”, explica o titular do órgão.

Evandor Geber ressalta que o resultado do trabalho desenvolvido pela Afeam é fruto da elaboração de políticas públicas voltadas estrategicamente para alavancar a economia advinda das cadeias produtivas, apontando elementos de efetividade para os avanços de boas práticas para os projetos acompanhados. “Esses indicadores demonstram claramente que a política de extrativismo orientada pelo Governo do Amazonas, que trabalha transversalmente, incentivando a geração de oportunidades por meio dos produtos gerados a partir de recursos naturais, está no caminho certo”.

Ação especial – No município de Lábrea, foi financiada uma balsa que está sendo administrada pela cooperativa Cooperativa Mista Agroextrativista Sardinha (Coopmas), formada por pequenos produtores rurais que atuam na agricultura familiar, com destaque para a cultura do feijão de praia, mandioca, milha, cana de açúcar, no apoio à pesca em água doce, castanha do Brasil, borracha e fabricação de óleos vegetais.

O principal objetivo desta ação é promover o escoamento da produção agrícola das comunidades rurais da região, dentro de uma cadeia logística que vai dos produtores, passando pelas cooperativas, chegando ao consumidor final, diminuindo custos com transporte fluvial, oferecendo maior vantagem competitiva para a colocação de produtos no mercado local, regional e nacional.

Cerca de 250 famílias foram beneficiadas no município de Lábrea e comunidades no entorno, com o montante de R$ 265 mil investidos.

Acompanhamento – Após a concessão do crédito, as associações e cooperativas financiadas recebem visitas técnicas de acompanhamento para a comprovação da aplicação dos recursos investidos e orientação técnica. “É fundamental o trabalho de acompanhamento realizado pelos técnicos da Afeam para o sucesso das atividades financiadas”, explica Evandor Geber.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.