Saúde

João Lúcio passa por reformas para melhorar o atendimento aos pacientes

Ps.Joao
Redação
Escrito por Redação

O Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio Pereira Machado, unidade da Secretaria Estadual de Saúde (Susam) que registra uma média de 600 atendimentos por dia, está passando por obras de adequação de seus ambientes, para melhorar o atendimento ofertado aos usuários. O principal objetivo, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, é a criação de novas áreas de enfermaria, que deverão receber pacientes em observação. Segundo Pedro Elias, também estão em andamento obras de reforma da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e houve aquisição de novos equipamentos para o Centro Cirúrgico.

 

O diretor do HPS João Lúcio, Felizardo Monteiro, explica que entre as obras está a adequação da antiga recepção da unidade, que passará a funcionar como enfermaria e contará com 40 macas para acolher pacientes em observação. “As obras tiveram início essa semana e devem ser concluídas em 45 dias”, informa o diretor.

Ele ressalta que a enfermaria da observação cirúrgica também será ampliada e passará a dispor de mais 20 macas, também com pacientes em observação.

No primeiro andar da unidade, é outra área que será readequada para abrigar 15 ou 20 novos leitos. “Estamos fazendo o levantamento dos custos para fazer essa reforma e também verificar a possibilidade de ampliação das equipes que fazem o atendimento”, disse o diretor.

Outra frente de obra está sendo realizada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que passará de 11 para 13 leitos. “A reforma contempla a parte de pintura, colocação de novas réguas de gases, telhado, forro, instalação de novas cortinas privativas, dentre outras medidas”, disse Ferlizardo.

O Centro Cirúrgico da unidade também foi alvo de melhorias com a aquisição de quatro novas mesas cirúrgicas, todas elétricas, que facilitam o manuseio do paciente, durante os procedimentos cirúrgicos.

“Estamos trabalhando em várias frentes para melhorar as instalações do Pronto-Socorro e poder dar um atendimento cada vez mais qualificado aos nossos pacientes”, destaca o diretor.

Manutenção de equipamentos – O diretor também informa que está em execução o plano anual de revisão e manutenção dos equipamentos e maquinários utilizados na unidade. “Como temos uma demanda muito expressiva por exames, equipamentos como aparelhos de raios-X e de ultrassonografia são muito exigidos e precisam passar por revisões preventivas e corretivas constantes”, frisou o diretor.

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.