Entretenimento

Joelma se arrepende de expor briga com Ximbinha: ‘Não tive controle’

R. Saraiva
Escrito por R. Saraiva

Seis meses após se separar de Ximbinha, Joelma reconheceu que passou do ponto ao “lavar roupa suja” de seu casamento na imprensa e se arrependeu de expor o ex.

Em entrevista a uma rádio carioca, nesta quarta-feira (23), a loira afirmou que não conseguiu se controlar após ser obrigada a se apresentar ao lado do guitarrista como se nada tivesse acontecido.

“Eu não queria expor. Queria fazer tudo interno e tentei muitas vezes, mas não tive controle disso. Me arrependo de alguns posicionamentos nos shows. Não queria estar ali. Fui obrigada a estar ali. Sou muito verdadeira. Não sei mentir, não sei fingir. E eu não queria estar lá. Queria estar distante de tudo, mas não tive essa chance”, desabafou.

A paraense disse que, se pudesse, teria deixado o Calypso no momento em que resolveu sair de casa, mas que fora obrigada a cumprir agenda da banda até o dia 31 de dezembro. Passada essa fase, a cantora afirmou que a experiência acabou sendo boa: “Me fortaleceu”.

Solteira, a musa da música brega garantiu que não está à procura de um novo amor, mas avisou que não desistiu de encontrar um parceiro para dividir a vida.

“Estou muito feliz dando um tempo para o meu coração. Não estou procurando ninguém. Mas a tampa da minha panela está por aí, viu?”

Novo show e carreira gospel

Durante a entrevista, Joelma revelou que jamais tinha pensando em seguir carreira solo antes de se ver envolvida nessa confusão com o ex. A artista explicou porque desistiu de adotar o nome Calypso em sua nova fase e porque retirou o hit “A Lua me Traiu” do setlist.

“Agora é Joelma. Fiquei em dúvida se botava Joelma Calypso. Agora é só Joelma. Meus sucessos vão estar no meu show. Foram músicas que fizeram sucesso com a minha voz. Sempre ouço a opinião do meu fã-clube. Eu tirei ‘A Lua Me Traiu’ desse show porque ele estava em outro show. Quando fiz o novo show, eu tirei”, contou.

A paraense assumiu que cogitou seguir carreira gospel, que há mais de oito anos flerta com o gênero, mas ressaltou que não frequenta nenhuma igreja.

“Estudo em casa com os adventistas. Estudo com a minha equipe, a minha família… Todo mundo gosta. O manual do ser humano é a Bíblia. Tem certas coisas que a gente precisa aprender. A minha base é a Bíblia. Eu estudo a Bíblia todos os dias.”

(MSN)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.