Amazonas Esportes

‘Jogar em Manaus é importantíssimo para futebol feminino’, diz Vadão

Técnico Vadão, em coletiva de imprensa/Foto: Joel Arthus
Redação
Escrito por Redação
Técnico Vadão, em coletiva de imprensa/Foto: Joel Arthus

               Técnico Vadão, em coletiva de imprensa, em Manaus/Foto: Victor Afonso

Em Manaus para enfrentar a África do Sul pelo Torneio Olímpico de Futebol, hoje, terça-feira (09), a Seleção Brasileira Feminina realizou o último treino para o jogo na tarde de ontem, no CT Carlos Zamith, mas, o técnico Vadão mantém segredo quanto ao time que entrará em campo contra África do Sul, às 21h00.
Após o treinamento, o treinador fez questão de elogiar a qualidade do CT, como também, de destacar a escolha de Manaus para sediar os jogos. “… jogar em Manaus é importantíssimo para o futebol feminino”.

Ainda surpreso com as demonstrações de carinho e a grande torcida brasileira nos estádios, Vadão disse que encarou com bons olhos o anúncio do jogo na capital amazonense, na época do sorteio das chaves. “Quando saiu a tabela dos jogos e caiu Manaus no terceiro jogo, achei importantíssimo para o futebol feminino vir jogar aqui porque a resposta do campeonato Brasileiro foi o melhor público”, disse.

Em junho, a Arena da Amazônia quebrou recorde de público recebendo o maior número de torcedores para uma partida de futebol feminino. Pela Liga Nacional Sub 20, os times de Iranduba e Adeco-SP levaram um público de 17,3 mil pessoas. Para Vadão, é um termômetro de que a modalidade deve buscar novos caminhos para se desenvolver pelo país.

“Uma resposta muito positiva. Agora nós precisamos trabalhar melhor isso, divulgar melhor. Está centralizado mesmo no sul e sudeste o maior número de equipes e jogadores da seleção. Agora, temos a Micaele, que jogou no Iranduba e faz parte da nossa seleção de base e é daqui. Então, acho que temos que expandir isso. Mas a expansão se joga nas costas da Seleção, da medalha de ouro para expandir. Diferentemente do Brasil, a gente começa a casa pelo telhado “, comentou.

Vistoria – Vadão fez vistoria ao campo da Arena da Amazônia e elogiou o gramado. “A grama está baixa, que é a com que a gente está acostumado a jogar. Estamos adaptados e o gramado tá muito bom. Estão de parabéns”.

Classificada para a próxima fase do torneio olímpico de futebol, a Seleção Brasileira Feminina enfrenta a África do Sul com tranquilidade, mas com a missão de vencer e manter a primeira posição no grupo E. No treino, sem a presença de público, o clima era de descontração. O técnico evitou comparações com o time masculino e disse que não existe rivalidades e minimizou as comparações entre Marta e Neymar.

Jogadores do Brasil fazem recreativo no CT Zamith/Foto:

                Jogadores do Brasil fazem recreativo no CT Carlos Zamith/Foto: Joel Arthus

                .

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.