Amazonas Destaques Esportes

Jogo isolado do sábado coloca Palmeiras e Cruzeiro brigando pelo G-4

Palmeiras e Cruzeiro, jogam às 17h30/Foto: Divulgação
Palmeiras e Cruzeiro, jogam às 17h30/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Palmeiras e Cruzeiro ainda têm em comum o objetivo de chegar ao G-4 do Campeonato Brasileiro. Mas, distantes da zona de classificação para a Taça Libertadores da América, paulistas e mineiros fazem duelo hoje, sábado, às 19h30 (de Brasília), arena alviverde, pela 36ª rodada da competição nacional.
Dividindo atenções com a Copa do Brasil, o Verdão vem em queda livre no Brasileirão. O time de Marcelo Oliveira conseguiu apenas uma vitória nas últimas sete partidas do torneio – foram cinco derrotas e um empate no período. Com 49 pontos, os palmeirenses abrem a rodada na 10ª posição, sete pontos atrás do São Paulo, hoje o quarto colocado. Mas, preocupado com o clássico contra o Santos, na quarta-feira, os palmeirenses devem jogar com um time praticamente reserva.

O Cruzeiro encontra seu treinador do bicampeonato pela quarta vez em 2015. Pela Copa do Brasil, Marcelo Oliveira levou a melhor, eliminou a Raposa. No turno do Brasileiro, o time mineiro, venceu por 2 a 1, no Mineirão. Agora, no fim da temporada, o jogo tem muita importância para o Cruzeiro. Apesar de mínima, a equipe de Mano Menezes ainda tem uma pequena chance de se classificar para a Libertadores.

Elmo Alves Resende Cunha (GO) apita a partida, auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (GO-Fifa) e Cristhian Passos Sorence (GO).

Palmeiras: o técnico Marcelo Oliveira vai mandar a campo uma formação quase que toda reserva. O Verdão deve começar a partida com Fernando Prass; João Pedro, Nathan, Leandro Almeida e Egídio; Thiago Santos e Arouca; Allione, Mouche e Kelvin; Cristaldo.

Cruzeiro: com o retorno de Arrascaeta da seleção uruguaia, Mano Menezes volta com o meia para o time titular. O time que enfrenta o Palmeiras é Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Manoel e Fabrício; Willians, Henrique e Ariel Cabral; Marcos Vinícius, Arrascaeta e Willian.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.