Mundo

Jornal francês ‘Le Monde’ questiona: golpe ou farsa?

A publicação é uma das mais influentes do mundo/Foto: Divulgação
A publicação é uma das mais influentes do mundo/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
A publicação é uma das mais influentes do mundo/Foto: Divulgação

A publicação é uma das mais influentes do mundo/Foto: Divulgação

O jornal francês Le Monde, um dos mais influentes do mundo, publicou editorial neste fim de semana, em que afirma que o impeachment de Dilma Rousseff é “golpe ou farsa”, que vitima o povo brasileiro.

“A ironia quis que a corrupção fizesse milhões de brasileiros saírem para as ruas nos últimos meses, mas que não fosse ela a causa da queda de Dilma Rousseff. Pior: os próprios arquitetos de sua derrocada não são santos”, diz um trecho.

“O homem que deu início ao processo de impeachment, Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados, é acusado de corrupção e de lavagem de dinheiro. A presidente do Brasil está sendo julgada por um Senado que tem um terço de seus representantes, segundo o site Congresso em Foco, como alvos de processos criminais. Ela será substituída por seu vice-presidente, Michel Temer, embora este seja considerado inelegível durante oito anos por ter ultrapassado o limite permitido de doações de campanha.”

“Se esse não é um golpe de Estado, é no mínimo uma farsa. E as verdadeiras vítimas dessa tragicomédia política infelizmente são os brasileiros.” (Notícias ao Minuto)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.