Cidades

Jornalista do Amazonas em Tempo é agredido e ameaçado por PM

Redação
Escrito por Redação

Parece que deu a Louca na PM. Após a agressão ao repórter do Jornal A Crítica, Clóvis Miranda, ocorrida durante a Banda do Galo, desta vez foi o jornalista Mairkon Nazário Castro, do Jornal Amazonas Em Tempo, que foi agredido a socos e coronhadas por um policial militar aposentado.

A agressão ocorreu por volta das 11h da manhã de hoje, na Avenida Umberto Calderaro , durante uma discussão no trânsito.

De acordo com Mairkon, ele dirigia seu carro, um Fiat Uno Mile, pela via no momento em que o policial saia com seu carro da garagem de uma casa. Após reclamar que o seu carro tinha sido “arranhado”, o PM saiu em perseguição ao carro do jornalista, e, após alcançá-lo, passou a agredi-lo com soco no rosto e coronhadas, além de apontar uma pistola para sua cabeça.

Mairkon registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) no 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Dizem as más línguas que o comandante da PM, coronel James Frota, já está balançando no cargo, primeiro por não conseguir conter a violência e a criminalidade nas ruas de Manaus, e por também, não ter o controle da tropa e não conseguir evitar que seus comandados se envolvam em episódios lamentáveis como agredir jornalistas.

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.