Amazonas Formal & Informal

José Melo faz mudança geral no comando da Polícia Militar do AM

Coronel James Frota recebe a canetada e sai do comando da PM/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Uma nova mudança foi efetivada pelo governador José Melo, no comando da Polícia Militar do Amazonas. Com uma só canetada, ele exonerou de vez, o coronel James Frota do comando da corporação, o subcomandante Rubens de Sá, que era quem, efetivamente, estava tocando a função de comandante, apesar de ser apenas sub.
A nova troca de comando foi assinada e publicada na última quinta-feira (23), pelo governador José Melo, e pelo chefe da Casa Civil, Raul Zaidan.  Quem assume o cargo de novo comandante da PM é o coronel Augusto Sérgio Farias, e como subcomandante o coronel Euler Cordeiro.

Insatisfação pode ter sido o motivo de uma nova mudança no comando da “briosa”. Só prá lembrar, em menos de dois anos, esta é a quinta troca no comando da PM na gestão José Melo.

A primeira foi a saída do coronel Gilberto Gouvêa, que foi “fritado” pelo secretário de Segurança, Sérgio Fontes. Depois saíram o coronel Eliézio Almeida (que ficou apenas alguns dias no cargo), logo depois foi a vez de Marcos James Frota, que agora, definitivamente, junto com Rubens de Sá.

Das exonerações, a situação mais delicada de todas é do ex-comandante  Marcos James Frota que foi tirado do cargo, por causa de duas denúncias graves: a primeira, por estar sendo acusado de crime eleitoral praticado nas eleição de 2014, no esquema que elegeu José Melo governador. A outra é mais grave ainda, pois, envolve a investigação do assassinato de um militante do PDT.

A verdade é que o Governo não vem conseguindo colocar a segurança nos trilhos. Apesar dos esforços, os índices de violência continuam a saltar os olhos com um registro cada vez maior do número de homicídios, latrocínio (roubo seguido de morte), de assaltos, sequestros, sequestros relâmpagos e estupros. Dizem que estão até  “maquiando” as estatísticas para dar a entender que Manaus está às mil maravilhas em termos de segurança, quando a população toda sabe que não está.

Espera-se que o coronel Augusto Sérgio consiga colocar “ordem na casa”, coisa que nem os coronéis Gilberto Gouvea, Eliézio, James Frota e Rubens de Sá conseguiram.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.