Amazonas Política

Josué Neto defende o uso de aplicativos no combate a violência contra a mulher

Deputado Josué Neto(PSD), discursa na solenidade dos aplicativos/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

O uso de aplicativos de celular como ferramenta importante para as forças de Segurança do Estado, principalmente no combate a violência contra a mulher, foi defendido hoje (29), pelo deputado Josué Neto, presidente Assembleia Legislativa do Amazonas, manifestação feita durante pronunciamento na solenidade de lançamento do Portal da Mulher (www.portaldamulher.am.gov.br) e do aplicativo “Alerta Rosa”, onde acompanhou o governador José Melo (PROS), representando o parlamento estadual na solenidade.
O portal disponibiliza informações de esclarecimentos as vítimas de violência, enquanto o aplicativo auxilia e dá maior celeridade ao atendimento de denúncias de violência contra a mulher.

Josué Neto acredita que o aplicativo “Alerta Rosa” vai contribuir, em conjunto com os outros meios que o poder público já disponibiliza, para defender as mulheres, que agora vão poder contar com mais um dispositivo acessível na palma da mão. “Esse aplicativo vai permitir que a população feminina da capital e de todo o Estado acione rapidamente a polícia todas as vezes que estiver sofrendo algum abuso ou violência. Isso é muito importante porque é uma forma que se adiciona aos meios comuns de denúncia”, afirmou.

O aplicativo “Alerta Rosa” consiste em facilitar as denúncias das vítimas de violência doméstica. Ele está disponível para o sistema operacional Android e pode ser baixado pelo Google Play. Para utilizar o aplicativo, a cidadã deve ser previamente cadastrada junto à Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Crimes contra Mulher (DECCM), a partir do cadastramento e download, é ativado o sistema GPS (para facilitar a localização), as denúncias já poderão ser feitas.

O projeto foi idealizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Secretaria de Estado de Segurança (SSP), e empresas como a FabriQ Projetos e a Samsung, lançamento aconteceu no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

O governador José Melo ressaltou que esta é uma forma de agilizar o processo de proteção à vítima. “O aplicativo pode ser acessado em qualquer lugar e a partir do momento que a vítima der o alerta, o Ciops receberá a mensagem e rapidamente ela será socorrida”, afirmou.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

1 comentário

error: Ops! não foi dessa vez.