Cidades

Jovem de 13 anos se mata após balear colega acidentalmente

jovem2
Redação
Escrito por Redação

O menino Robert Richard Lopes da Silva, de 13 anos, morreu nesta quinta-feira (21) após seis dias internado no Hospital e Pronto-Socorro Joãozinho, em Manaus, Amazonas.

O estudante disparou contra a própria cabeça após acertar um tiro acidental em um colega de classe da mesma faixa etária. De acordo com o G1, o acidente aconteceu na sexta-feira (15), nas dependências da Escola Municipal Aureliana Alves de Lima, na estrada de Autazes, a 113 km de Manaus.

A tia do garoto, Maria Josilene Barbosa, disse á reportagem que os familiares não sabem como ele conseguiu a arma.

“Ele estava brincando e foi mostrar para o coleguinha, acabou fazendo alguma coisa que disparou. Ele ficou tão desesperado que atirou nele mesmo. Foi terrível. Os pais dele não tem arma, muito menos os avós. Não dá para entender”, relatou a tia.

O pai do menino trabalha como motorista da escola e socorreu os dois estudantes. Ele fez o transporte dos meninos para a capital porque não teria conseguido atendimento na cidade. Os jovens foram internados no Hospital e Pronto-Socorro Joãozinho, na Zona Leste, onde passaram por cirurgia. Robert morreu por volta de 1h e o amigo que foi baleado na região do quadril ainda está internado.

Maria relatou que os meninos eram amigos e as famílias estão dando apoio uma à outra. Robert era o único filho do casal. A família optou por doar rins, córneas e o fígado do adolescente.

“Como ele era um menino muito bom, sabíamos que ele ia querer ajudar pessoas que estavam precisando desses órgãos”, afirma a tia.

Ainda segundo a publicação, a Polícia Militar de Autazes está acompanhando o caso. A reportagem não localizou nenhum representante da unidade de ensino para comentar o assunto.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.