Entretenimento

Ju Isen pode ser processada por tentar protestar contra Dilma

Redação
Escrito por Redação

Após a confusão envolvendo a modelo Ju Isen que tentou protestar contra a presidente Dilma, mas foi impedida, o presidente da Escola de Samba Unidos do Peruche, Sidney de Moraes, disse que a modelo Ju Isen “prejudicou milhares de pessoas que estão comprometidas com o carnaval”.

A jovem tirou a fantasia durante o desfile, ficando com os seios à mostra, e foi expulsa do Sambódromo do Anhembi.
De acordo com o site ‘G1’, Sidney informou que a modelo assinou um termo com a escola em que se comprometia a não prejudicar a escola e a “não causar nenhum tipo de desconforto” na avenida. O documento, segundo ele, prevê multa e responsabilização caso algo acontecesse.

O carnavalesco teme possíveis punições por causa do incidente. “O que ela fez é inadmissível, prejudicou centenas de milhares de pessoas envolvidas com o carnaval e comprometidas com a Unidos do Peruche. O que ela demonstrou foi ter comprometimento nenhum.”

Nem a modelo ou sua assessoria comentou o assunto.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.