Amazonas Política

Juiz Cássio Borges assume a presidência da Associação dos Magistrados do Amazonas

Vice-governador Henrique Oliveira na solenidade/Foto: Roberto Carlos
Vice-governador Henrique Oliveira na solenidade/Foto: Roberto Carlos
Redação
Escrito por Redação

O vice-governador do AM, Henrique Oliveira, participou na noite de ontem, quinta-feira (06), da solenidade de posse da nova diretoria da Associação dos Magistrados do Amazonas (Amazon), realizada no auditório Artur Virgílio do Tribunal de Justiça do Amazonas(TJ-AM), cujo papel é oferecer apoio aos magistrados, lutar pelos direitos da classe e representar, em âmbito estadual, a Associação dos Magistrados do Brasil (AMB).
Estiveram presentes à solenidade o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado estadual Josué Neto, e representantes do poder Judiciário e do Executivo Municipal. O vice-governador Henrique Oliveira enfatizou a atuação do atual presidente junto aos magistrados amazonenses. “Tenho certeza que o juiz Cássio Borges vai exercer essa função da maneira mais democrática possível e que vai fazer com que as necessidades da classe sejam atendidas e executadas da melhor forma”.

A nova gestão foi escolhida no dia 3 de julho, após votação realizada na sede da entidade no Fórum Henoch Reis. Liderando a chapa “Somos Todos Magistrados”, o juiz Cássio André Borges dos Santos é o mais novo presidente da Amazon que é composta por 23 integrantes, entre diretores culturais, tesoureiro e o Conselho Consultivo. O juiz vai comandar os trabalhos em defesa da classe durante o biênio 2015-2017. Ele substitui o juiz aposentado, Ludmilson de Sá Nogueira, que atuou na presidência da Amazon no período de 2013-2015, mas que passa a ocupar a vice-presidência da atual gestão.

A presidente do TJ-AM, desembargadora Graça Figueiredo, destacou as qualidades do atual presidente da Associação. “Parabenizo a todos os magistrados que vão compor essa nova diretoria. Será um excelente gestor porque busca valorizar e defender a classe. Somos uma classe que precisa de voz para nos representar junto aos poderes”.

Diálogo – Atuando como juiz de Direito há 17 anos, o juiz Cássio Borges defendeu, em seu discurso de posse, que pretende fortalecer o diálogo dos magistrados com a sociedade. “Isso aumenta a nossa responsabilidade de dialogar com instituições de fora do Tribunal de Justiça e com o próprio tribunal, com a imprensa. Eu acredito que, através da Associação, vamos construir um diálogo com todos os segmentos da sociedade amazonense”.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.