Amazonas Cidades

Justiça do AM começa a ouvir envolvidos em chacina e grupo de extermínio

Juiz Mauro Antony, preside a sessão do Júri/Foto: Reprodução
Redação
Escrito por Redação
Juiz Mauro Antony, preside a sessão do Júri/Foto: Reprodução

                             Juiz Mauro Antony, preside a sessão do Júri/Foto: Reprodução

O juiz Mauro Antony, titular da 3ª Vara do Tribunal do Júri, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), começa ouvir amanhã, terça-feira (19), os 18 réus acusados da série de 23 homicídios, ocorridos em julho do ano passado, em Manaus.
O Ministério Público dividiu o processo em três, sendo um com onze réus; outro reunindo quatro réus; e o último, com três réus.

Da lista dos 18 réus que serão ouvidos pelo juiz Mauro Antony, estão pelo menos 12 policiais militares que faziam parte de um grupo de extermínio, que foi desbaratado durante a operação “Alcateia”, deflagrada pela Polícia Federal, em novembro do ano passado.

Além do envolvimento em crimes de tráfico de drogas, formação de quadrilha, e extorsão, o grupo criminoso de policiais teve envolvimento direto na chacina de 23 pessoas, ocorrida em um único fim de semana, no mês de julho do ano passado.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.