Política

Justiça Itinerante divulga calendário de atendimento do segundo semestre

Atividades já tiveram início, na Praça da Polícia, no Centro.
Redação
Escrito por Redação
Atividades já tiveram início, na Praça da Polícia, no Centro.

Atividades já tiveram início, na Praça da Polícia, no Centro.

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) divulgou o calendário de atendimento do Programa Justiça Itinerante para este segundo semestre do ano. Coordenado pelo juiz Alexandre Novaes, o programa, que tem o objetivo de facilitar o acesso do cidadão aos serviços da Justiça, está atendendo a população das 8h às 14h, na praça Heliodoro Balbi (Praça da Polícia), no Centro de Manaus, onde ficará até o dia 29 deste mês.

A partir de 1º de agosto, o ônibus do programa iniciará um período de atendimento na praça central do bairro Colônia Antônio Aleixo, na zona Leste da cidade. O veículo ficará posicionado, até o dia 2 de setembro, ao lado do 28º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Após o feriado da Semana da Pátria, o ônibus vai para a Zona Norte da cidade, onde permanecerá até o dia 30 de setembro, atendendo no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Silvério Tundis, localizado na rua 7 de Maio, bairro Santa Etelvina.

No dia 03 de outubro, a equipe da Justiça Itinerante vai se dividir para servir a população em dois locais. A primeira, com o ônibus do programa, estará na Delegacia da Mulher, no conjunto Eldorado, zona Centro-Sul. A outra equipe atenderá nas dependências do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Cidade de Deus, zona Norte.

Em novembro, será a vez do bairro Alvorada, na zona Oeste, receber as ações do Justiça Itinerante. O ônibus vai ficar, até o dia 2 de dezembro, no estacionamento do Pró-Menor Dom Bosco, na avenida João Paulo I, bairro Alvorada II.

Para fechar o ano, o projeto volta à Praça da Polícia, para um período de atendimento que vai de 5 a 19 de dezembro.

SERVIÇOS
O cidadão poderá ajuizar, na Justiça Itinerante, sem advogado, ações no valor de até 20 salários mínimos, na área cível (para cobrança de dívidas, danos materiais e morais, direito do consumidor, entre outras) e ações de natureza consensual na área de família, como pensão alimentícia, divórcio e reconhecimento voluntário de paternidade.

O juiz Alexandre Novaes destaca os bons resultados do programa, que tem alcançado um número crescente de pessoas nos novos locais de atendimento. “Estamos finalizando o balanço das ações do primeiro semestre e deveremos divulgá-lo nos próximos dias”.

METAS
O coordenador do programa afirmou que a meta é ampliar o atendimento nesse segundo semestre do ano, com maior número de voluntários atuando no projeto. “Pretendemos firmar mais convênios com universidades, para ter trabalhando conosco os novos operadores do Direito”, disse.

O coordenador prevê, ainda, o retorno do ônibus da Justiça Itinerante às cidades do interior. Alexandre afirma que já solicitou da nova administração do TJAM a ida do programa para cidades vizinhas. “Sempre alcançamos bons números no interior e pretendemos, já no início do próximo ano, levar esse projeto, que é de tamanha importância, para a população dos demais municípios”, destacou Novaes.

Importante lembrar aos interessados que, ao procurar a unidade do Programa Justiça Itinerante, o cidadão deve levar os documentos originais, bem como cópias.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.