Entretenimento

Justiça libera e Chimbinha pode voltar aos palcos já neste fim de semana

joelma-e-chimbinha-2
Redação
Escrito por Redação

O desembargador Ronaldo Valle, do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, concedeu na tarde desta sexta-feira, 18, uma liminar parcial ao guitarrista Chimbinha que lhe garante o direito de se apresentar em palco junto com Joelma e a banda Calypso.Segundo o advogado Luciel Caxiado, representante do guitarrista, a medida também garante a ele participação em ensaios e todas as atividades profissionais da Calypso. “Conseguimos um habeas corpus parcial que o permite trabalhar, afinal ele é dono de 50% da empresa”, disse.

 
Caxiado ainda explicou que as demais proibições, como a de frequentar a casa da cantora, ainda valem e que essa liminar é apenas uma parte do habeas corpus, que ainda será julgado em sua totalidade em data ainda não definida.

Proibição e volta aos palcos

Na semana passada, a Justiça do Pará proibiu o guitarrista Chimbinha de ficar a menos de 100 metros da cantora Joelma com base na lei Maria da Penha. A decisão faz com que os dois não possam dividir o mesmo palco ou que o guitarrista possa sequer conversar com a cantora.

A assessoria de Chimbinha reforçou que ele não ameaçou Joelma nem nenhuma de suas funcionárias. Mauro Neto, representante do músico, diz que ele está feliz por retornar aos palcos e reencontrar os fãs. “É hora de voltar e mostrar o profissionalismo que sempre marcou minha carreira e que é um dos motivos principais do sucesso da Banda Calypso”, disse Chimbinha via assessoria.

O guitarrista ainda informou que depende apenas de uma questão de logística, como “passagem ou frete de avião”, para se apresentar no próximo sábado, 19, no show da banda em Palmas.

(UOL)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.