Amazonas Cidades Esportes

Justiça suspende venda de ingressos para jogo Brasil X Colômbia

O jogo vai ser realizado no dia 6 de setembro na Arena da Amazônia/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
O jogo vai ser realizado no dia 6 de setembro na Arena da Amazônia/Foto: Divulgação

O jogo vai ser realizado no dia 6 de setembro na Arena da Amazônia/Foto: Divulgação

A Justiça suspendeu, na quinta-feira (21), a venda de ingressos para o jogo Brasil X Colômbia, a ser realizado no dia 6 de setembro na Arena da Amazônia.A decisão atende solicitação feita por meio de Ação Civil Pública ajuizada pelo promotor de Justiça Otávio Gomes, titular da 51ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa dos Direitos do Consumidor.

A Juíza de Direito Mônica Cristina Raposo da Câmara Chaves do Carmo, determinou a suspensão da venda dos ingressos até decisão do juízo a ser proferida em caso de não haver acordo na audiência designada para tal finalidade.

A juíza acolheu parcialmente Ação Civil Pública até que seja reduzido o valor do bilhete em 60%.
A magistrada também deferiu liminar em relação ao pedido de numeração de assentos e ingressos com o objetivo de determinar ao organizador do evento que proceda à numeração dos assentos no estádio, bem como a troca dos ingressos vendidos e, na sequência, a emissão de novos ingressos já com a numeração correspondente às cadeiras.

A audiência de conciliação foi designada para o próximo dia 25 de julho.

O Ministério Público do Amazonas propôs a Ação Civil Pública no último dia 19 de julho, com pedido liminar, para suspensão da venda de ingressos para a partida.

De acordo com o Promotor Otávio Gomes, várias reclamações foram recebidas pelo MP-AM por conta dos altos valores cobrados pelos ingressos frente aos preços praticados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em outras capitais para jogos da Seleção do Brasil nas eliminatórias da Copa. Em alguns casos, o valor do ingresso cobrado na Arena da Amazônia chega a ser até 261,5% mais caro do que em outras Arenas que sediaram jogos do Brasil na mesma competição, como é o caso do estádio Castelão, em Fortaleza. Em Manaus, a cadeira superior (inteira) custa R$253,00, já na Arena Castelão, em Fortaleza, o ingresso na arquibancada superior (inteira) custa R$70,00, a diferença chega a 261,5%. Na Arena da Amazônia, a cadeira inferior (inteira) custa R$299,00. No Castelão, o lugar na arquibancada inferior (inteira) sai a R$100,00.

O Promotor de Justiça entende que houve aumento abusivo não justificável na cobrança dos ingressos para a partida. Na Ação Civil Pública, Otávio Gomes solicita que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) reduza os valores dos ingressos em 60%. “Nós entendemos que não pode haver uma disparidade de preços em torno de 250% no valor do ingresso praticado aqui e o ingresso cobrado em Fortaleza, considerando que as distâncias das capitais não são tão díspares assim em relação ao Sudeste do país”, afirmou o Promotor. No documento também há solicitação para que que a venda de ingressos fique suspensa até a designação de valores compatíveis com outros estados e que seja estabelecido valor único para a taxa cobrada do consumidor quando o ingresso é adquirido pela internet.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.