Entretenimento

Kanye West anuncia que deseja concorrer ao cargo de presidente dos EUA

Redação
Escrito por Redação

Kanye West foi homenageado com um prêmio de vanguarda na edição 2015 do “Vídeo Music Awards” – VMA, realizada na noite do último domingo (30), em Los Angeles, nos Estados Unidos, e, além de protagonizar um encontro com Taylor Swift, anunciou que pretende ser candidato ao cargo de presidente. Isso mesmo!Seis anos após ter interrompido o discurso da loira para dizer que ela não merecia o troféu de Melhor Vídeo Feminino – que, segundo ele, deveria ser de Beyoncé -, o rapper recebeu das mãos da artista o honorário “Michael Jackson Vídeo Vanguard Award”, que homenageia artistas que fazem história com clipes inovadores.

 
“Conheci Kanye West há seis anos nesse show. Desde então, falamos sobre muitas coisas diferentes. Parece que todos sabem desse nosso encontro, mas ninguém sabe que ‘The College Dropout’ foi o primeiro álbum que comprei no iTunes, aos 16 anos. Sou fã dele desde que me lembro”, disse Taylor, ao anunciar o homenageado. Em seguida, ela ficou ao lado de Kim Kardashian, esposa de Kanye.

Aplaudido pelo público, West ficou mais de um minuto em silêncio, visivelmente emocionado. Quando começou a falar, não poupou críticas a MTV por ter repercutido por tanto tempo sem encontro com Swift. “Sabe quantas vezes a MTV anunciou que a Taylor daria o prêmio para mim? É porque isso dá audiência”, apontou.

O artista ainda falou sobre o poder das crianças e de como é difícil ser julgado ao aparecer em um evento grandioso como o VMA. “Eu não entendo isso. Eu só quero que as pessoas gostem mais de mim. Mas que se dane. É 2015. Eu morreria pela arte e pelo que acredito. A arte vai estar lá em cima.”

Para encerrar sua participação no palco, o pai de North West aproveitou para responder aos que imaginavam que ele havia “fumado”. “A resposta é sim. Fumei mesmo, dei uma relaxada”, disparou antes de anunciar que deseja ser presidente em 2020.

(MSN)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.