Mundo

Líder do EI no Afeganistão é morto em ataque dos EUA, diz inteligência asiática

Saeed era o responsável pela ramificação do EI/Foto: Reprodução
Saeed era o responsável pela ramificação do EI/Foto: Reprodução
Redação
Escrito por Redação

Um ex-líder talibã que é apontado como o chefe do Estado Islâmico no Afeganistão, foi morto por um ataque com drone pelos EUA, segundo a agência de inteligência do país asiático. Em comunicado, o Diretório Nacional de Segurança afirma que Hafiz Saeed Khan foi morto com mais 30 extremistas na região de Achin, no Leste do país.
“Como resultado de esforços feitos pela inteligência, a localização de combatentes do Estado Islâmico foi compartilhada com as forças da coalizão que os atacaram pelo ar”, segundo a agência.

Saeed também comandava operações do grupo no Paquistão.

Apesar do nome, Saeed não é outro terrorista também procurado pelos EUA. Com recompensa de US$ 10 milhões, o país ainda busca o líder do grupo paquistanês Jamaat-ud-Dawa, responsável pelos ataques de 2008 em Mumbai, que mataram 164 pessoas.

Dias antes, um outro comandante ligado ao grupo, também ex-Talibã, foi morto em outro ataque no Leste. O avanço do EI no Afeganistão tem tomado o lugar do Talibã e vários ex-comandantes do grupo terrorista já migraram para filial da organização que tem tomado Síria e Iraque.

O presidente Ashraf Ghani, que entrou em conversas com os talibãs, já havia alertado para a necessidade de aumentar a luta contra os extremistas.

O EI tem se concentrado também em criar células em países como Líbia, Tunísia e Afeganistão, além do Norte do Egito.(G1/O Globo)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.