Entretenimento

Mãe da filha de Henri Castelli será indiciada

Redação
Escrito por Redação

A polêmica sobre a foto em que a filha do ator Henri Castelli aparece no colo da mãe de santo Neide Oyá ainda não terminou. A mãe de santo, que é fundadora e dirigente do Grupo União Espírita Santa Bárbara (Guesb), se sentiu ofendida com o comentário de Juliana Despirito, ex do ator, e registrou boletim de ocorrência no 2° Distrito Policial de Maceió.

Nesta sexta-feira (3), Henri Castelli foi até o Ministério Público Estadual, a pedido de Neide, para prestar depoimento sobre o caso. Os advogados do ator disseram, em entrevista ao portal UOL, que apesar de Juliana já ter sido indiciada, o cliente deles entrará com uma ação contra a ex-namorada.

 
“Qualquer pessoa que se sentir lesada com as postagens feitas em relação a foto da filha do Henri poderá ingressar com ação. Outros centros, como o de Pernambuco, já sinalizaram que vão processar a Juliana”, disse Nilton Pereira Neto, advogado do ator. “Estamos investigando e analisando as publicações para ingressarmos com uma ação também”, completou a outra advogada de Henri, Walkyria Carvalho.

Juliana deverá prestar depoimento nos próximos dias. Ela será indiciada por intolerância religiosa tipificada nos artigos 20 da lei 7.716/89, que trata de crimes raciais, e no artigo 208 do Código Penal, que trata sobre sentimento religioso.

(DOL)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.