Amazonas Formal & Informal

Magalhães dá calote e não paga empreiteiros e 13º de servidores

Prefeito Raimundo Magalhães, de Coari/Foto: Divulgação
Prefeito Raimundo Magalhães, de Coari/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

O prefeito de Coari, Raimundo Magalhães, deu calote e não pagou, até agora, empreiteiros e fornecedores  da Prefeitura  e nem o 13º dos servidores públicos municipais.
Sem querer se identificar com medo de  represália, alguns  os  denunciantes disseram que  são cerca de 30  microempresários que  estão desde  julho sem  receber  os repasses  feitos pela prefeitura.

Estes  empresários são subempreiteiro de uma  empresa grande, cujo escritório  fica  em Manaus, que  não vem  efetuando  os  repasses a eles  alegando  que o  prefeito  de Coari, também, não faz o  repasse  a ela.

Desde julho, as  empresas  subempreitadas,  realizaram diversos  serviços  como reforma de  escolas, de  praças, de centros sociais,  serviços de sarjeta dentre  muitos outros.

O pior de tudo é que  eles  não estão  tendo  mais  como realizar  estes serviços  porque  os fornecedores, também,  estão se recusando  a realizar os serviços  por não estarem   recebendo.

Para piorar a  situação, os  empregados  dessas  empresas  estão  passando necessidades  por  não receberem  seus salários e  estão se recusando a trabalhar.

A  crise  financeira  para  um  município rico  como Coari, que recebe milhares de reais repassados  mensalmente  por meio do pagamento de royalties pela exploração do   gás natural, é inexplicável.

Para se ter uma ideia,  os  servidores  ainda não receberam  o 13º  e o prefeito  Raimundo Magalhães já teria dito que  não tem  dinheiro para  pagar.

Para alguns empresários,  isso pode ser uma  indicação de que  alguma irregularidades do tipo  desvio de recursos públicos pode estar sendo cometida  na gestão do  prefeito Raimundo Magalhães .

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

1 comentário

  • De abril a novembro de 2015, a Prefeitura de Coari já recebeu R$ 146 milhões. Basta andar pela cidade para comprovar que há muita coisa errada. Cadê o dinheiro público? Cadê os Ministérios Públicos? Polícia Federal? CGU? Alô presidente Ary Moutinho, coloque o TCE para trabalhar.

error: Ops! não foi dessa vez.