Amazonas Cultura

Maior rede de revistaria do Brasil inaugura sua primeira loja na região Norte

Loja Almanaque, inaugura em Manaus/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Variedades, produtos diferenciados, revistas, livros, café e internet em um só lugar, agora estão à disposição para quem tem aspiração por leitura e diversão. Com o clima acolhedor, bem como sofisticado, a loja Almanaque chega em grande estilo com descontos e ofertas imperdíveis no dia da inauguração que está marcada para o dia 08/01, no piso 1, do Shopping Ponta Negra, em Manaus.
Considerada a maior rede de revistaria do país, a Almanaque nasceu em 1993 com um projeto e conceito inovador que resultam em criatividade e profissionalismo. A Almanaque possui mais de 20 lojas espalhadas no centro-oeste e no sudeste do país, sendo Manaus a primeira loja da região norte. Com um espaço total de 120m², a loja terá no acervo revistas nacionais e importadas, livros, artigos para colecionadores, CD’s, material escolar e de escritório, lanchonete com cyber café e serviços de impressão, além de espaço reservado para apresentações culturais.

“Estamos muito felizes por trazer mais diversão e cultura a nossa cidade, pois acreditamos que através da leitura e do conhecimento podemos tornar o mundo cada vez melhor”, declarou a franquiada da Almanaque de Manaus, Ângela Leite. Em época de crise a empresária ressalta que esse também é o momento de aproveitar as oportunidades. “Escolhemos esse segmento não só pela paixão por leitura, mas também agregar mais espaços culturais a Manaus”, explica.

Funcionamento

A loja localizada em frente ao Banco do Brasil, funcionará normalmente no horário do Shopping, das 10h00 às 22h00, de segunda-feira aos sábados, e das 12h00 às 22h00, nos domingos. A loja aceitará todos os cartões, vale alimentação e refeição.

A maior em revistaria do Brasil, em Manaus/Foto: Divulgação

                               A maior em revistaria do Brasil, em Manaus/Foto: Divulgação

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.