Amazonas Destaques Educação

Mais de 16 mil estudantes da rede pública do AM participam da 2ª fase da OBMEP

Estudantes da EED Djalma Batista, em Manaus/Foto: Adalberto Cavalcante
Estudantes da EED Djalma Batista, em Manaus/Foto: Adalberto Cavalcante
Redação
Escrito por Redação
Estudantes da EED Djalma Batista, em Manaus/Foto: Adalberto Cavalcante

             Estudantes da EED Djalma Batista, em Manaus/Foto: Eduardo Cavalcante

As provas da segunda fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), serão aplicadas amanhã, sábado (10), às 14h30 (horário de Brasília), quando, aproximadamente, 900 mil estudantes da rede pública de todo o País, participarão das avaliações. Somente no Amazonas, 16.678 estudantes de 413 escolas públicas estaduais foram selecionados para a última fase da competição.
Como ocorre em anos anteriores, em 2016, a OBMEP foi organizada em duas fases. Na primeira, realizada no dia 7 de junho, as provas foram compostas por 20 questões de múltipla escolha. A segunda fase, para os alunos classificados na primeira avaliação, contará com provas dissertativas.

Em sua 12ª edição, a OBMEP é promovida anualmente pelos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação e Ministério da Educação (MEC), em parceria com o Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (Impa) e Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). No Estado do Amazonas, a coordenação da olimpíada é feita pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e a mobilização para participação dos estudantes conta com o apoio do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC).

Neste ano, as escolas da rede pública estadual da capital e do interior do Amazonas tiveram adesão total à olimpíada. Segundo o gerente do Ensino Fundamental dos Anos Finais e coordenador da olimpíada na SEDUC, professor Eriberto Façanha, a ampla divulgação nas escolas favoreceu a participação efetiva dos estudantes na competição.

“A rede pública estadual do Amazonas tem avançado positivamente, a cada ano, nas provas da OBMEP. A cada edição, os nossos estudantes têm alcançado um número favorável de medalhas de ouro, prata e bronze, além de menções honrosas na competição. A tendência é que nessa edição, esses números possam aumentar, uma vez que realizamos um trabalho muito importante na divulgação da olimpíada tanto na capital quanto no interior, em parceria com a Universidade Federal do Amazonas e também na preparação dos nossos professores, por meio de encontros pedagógicos, a fim de que eles pudessem desenvolver atividades com os alunos voltadas para as questões avaliadas na competição, como o raciocínio lógico e pensamento matemático”, explicou o professor Eriberto Façanha.

Grupos de Trabalho – Em uma ação mais direcionada, a SEDUC por meio de seu Grupo de Trabalho (GT) de Matemática, formado por professores especializados na área, neste ano, passou a atuar mais diretamente na divulgação da OBMEP entre os professores e estudantes da rede estadual.

Conforme o coordenador do GT de Matemática na SEDUC, Nilo Sena, a divulgação da olimpíada foi um dos pontos mais trabalhados pela equipe de professores, dada a importância da competição. “Em parceria com a Ufam, coordenamos um trabalho de divulgação da OBMEP junto aos professores e estudantes da rede estadual, buscando destacar a importância da competição e mobilizando-os a participarem mais ativamente da olimpíada, já que uma das premiações da OBMEP, dá ao aluno a oportunidade de estudar fora do Estado, em um dos institutos mais renomados do país, o Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (Impa)”, afirmou.

Premiações – A 12ª edição da OBMEP premiará estudantes com medalhas de ouro, prata, bronze e menções honrosas. Também serão premiadas escolas e as Secretarias de Educação que se destacarem em virtude do desempenho dos alunos.

Na edição de 2015 da OBMEP, a rede pública estadual de educação do Amazonas conquistou quatro medalhas de ouro, 13 de prata e 86 de bronze, totalizando 103 medalhas, além de 582 menções honrosas.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.