Amazonas Destaques Política

Mais três municípios no AM entram em situação de Emergência pela enchente

Cheia nas comunidades rurais de Maués/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

A Defesa Civil do Estado atestou, hoje, terça-feira (16), a Situação de Emergência em três novos municípios do Amazonas: Japurá, Careiro e Maués, cidades que juntas somam 15.024 pessoas afetadas, e que farão parte do cronograma de atendimento humanitário do órgão.
No balanço geral, 48 municípios estão em anormalidade. Sendo 47 em Situação de Emergência e um que é Boca do Acre, em Estado de Calamidade Pública, mas que apresenta descida gradativa do nível do Rio Purus.

“A Defesa Civil do Estado montou desde fevereiro, uma força tarefa para atender os municípios afetados pela enchente e o trabalho vai continuar até que as cidades voltem à normalidade” , enfatizou o secretário adjunto da Defesa Civil do Amazonas, Hermógenes Rabelo.

Nova ajuda humanitária – A Defesa Civil vai enviar nesta terça-feira, dia 16, mais 20 toneladas de alimentos não perecíveis para o município de Iranduba, no Baixo Solimões e ainda medicamentos e hipoclorito de sódio para a purificação da água. Boa Vista do Ramos, no Baixo Amazonas, vai receber 12 toneladas e os mesmos itens de proteção à saúde.

No total, o Governo do Estado, por meio da Defesa Civil do Amazonas, já distribuiu 556 toneladas de alimentos não perecíveis as famílias afetadas pela enchente em todo o Amazonas. Outros produtos como colchões, redes, cobertores, mosquiteiros, produtos de higiene pessoal, medicamentos, hipoclorito de sódio, água potável, filtros de água e mais de 850 kits de madeira para a construção de pontes e marombas, também foram disponibilizados a população afetada.

O Estado repassou ainda em recursos financeiros a 12 prefeituras o montante  de R$ 3,4 milhões.

Balanço Geral da Enchente 2015

Estado de Calamidade Pública

1. Boca do Acre-Purus

Situação de Emergência

1 Itamarati-Juruá

2 Guajará-Juruá

3 Ipixuna-Juruá

4 Eirunepé- Juruá

5 Envira- Juruá

6 Juruá-Juruá

7 Canutama-Purus

8 Tapauá-Purus

9 Carauari-Purus

10 Pauiní-Purus

11 Lábrea-Purus

12 Beruri- Purus

13 Atalaia do Norte- Alto Solimões

14 Benjamin Constant-Alto Solimões

15-Tabatinga- Alto Solimões

16 Amaturá – Alto Solimões

17 Santo Antônio do Iça- Alto Solimões

18 São Paulo de Olivença- Alto Solimões

19  Tonantins – Alto Solimões

20 Tefé – Médio Solimões

21 Coari- Médio Solimões

22 Fonte Boa- Médio Solimões

23 Maraã- Japurá

24 Anamã-Baixo Solimões

25 Anori-Baixo Solimões

26 Jutaí- Alto Solimões

27 Manacapuru- Baixo Solimões

28 Uarini- Médio Solimões

29 Careiro da várzea- Baixo Solimões

30 Codajás-Baixo Solimões

31 Caapiranga-Baixo Solimões

32 Borba-Madeira

33 Itacoatiara- Médio Amazonas

34 Urucará-Baixo Amazonas

35 Boa Vista do Ramos-Baixo Amazonas

36 Iranduba-Baixo Solimões

37 Manaus-Negro

38 Parintins –Baixo Amazonas

39 Alvarães- Médio Solimões

40 Urucurituba Médio Amazonas

41 Manaquiri-Baixo Solimões

42 Barreirinha-Baixo Amazonaas

43 Silves-Médio Amazonas

44-Autazes- Médio Amazonas

45-Japurá-Japurá (novo)

46-Careiro-Baixo Solimões (novo)

47- Maués-Baixo Amazonas (novo)

Situação de Alerta

1-Nova Olinda do Norte-Madeira

2-Itapiranga- Médio Amazonas

3-São Sebastião do Uatumã- Baixo Amazonas

4- Nhamundá- Baixo AmazonasPessoas Afetadas- 460.191

Famílias- 92.024

Total de Ajuda Humanitária do Governo-
556 toneladas de alimentos não perecíveis, além de kit´s dormitório (colchões, redes, mosquiteiros) kit´s de higiene pessoas, medicamentos, filtros de água, hipoclorito de sódio.

Madeira enviada para o interior
150 metros cúbicos de madeira doada + 850 kit’s (tábuas, caibros e ripões) adquiridas pelo órgão, foram enviados para os municípios Careiro da Várzea, Anamã, Anori, Manacapuru, Iranduba e Itacoatiara.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.