Cultura

Manaus recebe visita do Ícone do Perpétuo Socorro

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro .
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro .
Redação
Escrito por Redação

Os devotos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro da cidade de Manaus, no Amazonas, vão acolher, no próximo dia 29, o Ícone Peregrino de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que será conduzido pelo Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás, Pe. Robson de Oliveira. Na ocasião, o sacerdote celebrará a Santa Missa campal na área externa do Santuário Arquidiocesano de Nossa Senhora Aparecida. A celebração será realizada às 16h30 (horário local), 17h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo, pela Rede Vida de Televisão.

A chegada do Ícone está sendo muito esperada pelos devotos da cidade que já conhecem a poderosa intercessão de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro por meio do próprio Santuário local, que é administrado pelos Missionários Redentoristas.

Segundo o pároco e reitor do Santuário em Manaus e um dos responsáveis pela organização do evento, padre Inácio Raposo, a Visita do Ícone tem um significado especial: “O Jubileu de 150 anos aqui na nossa cidade já está tendo um efeito positivo. Ganhamos um Ícone que ficará aqui no nosso Santuário e, além disso, o Ícone Peregrino virá em visita à nossa comunidade. Isso tudo é presente de Deus e a visita do Pe. Robson confirma ainda mais esse presente”.

A expectativa de público é de cerca de 30 mil pessoas. “Aqui, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro já é muito conhecida, pois realizamos todas as semanas as Novenas que recebem muita gente. Com a presença do padre Robson, as pessoas estão ainda mais ansiosas para participar desse momento”, diz Pe. Inácio.

Ícone Peregrino

A peregrinação nacional do quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro faz parte das comemorações do Jubileu dos 150 anos de entrega do Ícone Sagrado aos Missionários Redentoristas. No Brasil, Pe. Robson de Oliveira foi escolhido pela União dos Redentoristas do Brasil (URB) para levar o Ícone que já passou por muitas cidades, levando a todos os que necessitam a poderosa intercessão da Mãe do Belo Amor. Desde quando teve início o Jubileu, em junho de 2015, o Ícone Peregrino que já passou por Curitiba (PR), Brasília (DF), Campos dos Goytacazes (RJ), Goiânia (GO), Teresina (PI), Fortaleza (CE) e agora chega a Manaus (AM).

História da Devoção

“Fazei que todo o mundo a conheça”. A história da devoção à Mãe do Perpétuo Socorro tomou grandes proporções a partir dessa frase, proferida pelo Papa Pio IX, em 1866, no momento em que ele confiou aos Missionários Redentoristas a missão de torná-la conhecida e amada em todo o mundo.

O símbolo de veneração a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, um quadro de autoria desconhecida, cujo original mede 53 x 41,5 cm, foi pintado no estilo bizantino da Igreja Oriental. Por trás da consternação de Maria, apresentam-se os símbolos da dor e da paixão que se aproximam do pequeno Jesus.

Em janeiro de 1855, os Redentoristas compraram, em Roma, a residência chamada “Villa Caserta”. Seria a casa central de sua congregação missionária, que já estava implantada na Europa Ocidental e na América do Norte. Justamente naquela área encontravam-se as ruínas da Igreja de São Mateus, destruída pela guerra.

Em 1863, um padre jesuíta perguntou durante um sermão: “Quem sabe onde foi parar um quadro de Maria que esteve na Igreja de São Mateus na rua Merulana, conhecido como Virgem de São Mateus, e mais propriamente Perpétuo Socorro?”. Assim, retomaram as buscas pelo quadro.

Depois de algum tempo, o Papa Pio IX determinou que o quadro voltasse para o local desejado na aparição da Santíssima Virgem, e proferiu ao Superior Geral dos Redentoristas da época, que a devoção fosse levada aos quatro cantos do mundo.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.