Amazonas Esportes

Manaus sedia o Brasileiro Cadete de Handebol Feminino

Handebol feminino de alto nível em Manaus/Foto: Antonio Lima
Handebol feminino de alto nível em Manaus/Foto: Antonio Lima
Redação
Escrito por Redação

Manaus recebe pela primeira vez o Campeonato Brasileiro Cadete Feminino 2016, evento que acontece de 8 a 12 de outubro, na Arena Amadeu Teixeira (Flores), e vai reunir oito equipes, incluindo o representante do Amazonas, o Rio Negro, que vai tentar o título inédito. A competição recebe o apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).
Disputarão o evento, além do representante do Amazonas, o Clube Pinheiros (SP), São Bernado/Metodista (SP), Mesc (SP), Hand Torres (RS), Clube Português (PE), Campo Verde (MS) e Objetivo (RR). As equipes chegam a Manaus, a partir de hoje (03), e ficarão todas hospedadas no hotel da Vila Olímpica.

“Estamos animados em receber pela primeira vez este evento, que é um dos mais importantes do calendário nacional. Todos estarão muito bem preparados e, por isso, teremos disputas excelentes. Será um grande evento e tenho certeza que vamos surpreender todas as equipe com a nossa estrutura, organização e receptividade”, disse o titular da Liga de Handebol do Amazonas (Liham), Jefferson Oliveira.

Handebol feminino de alto nível em Manaus/Foto: Antonio Lima

Handebol feminino de alto nível em Manaus/Foto: Antonio Lima

Ainda segundo o presidente, o Brasileiro vai oportunizar para as jovens atletas, de 16 anos, uma competição de alto nível e fomentar o intercâmbio esportivo. Isso porque, a última vez que o Amazonas disputou a categorias Cadetes foi em 2002.

“Vamos ter aqui uma média de 130 atletas, grandes equipes e teremos a chance impulsionar a modalidade, ao conquistar novas atletas e revelar jogadoras. Faz tempo que não temos um time daqui, o último foi o Dance Hall, e esse retorno já é uma vitória muito grande. Nosso objetivo é fortalecer a categoria, principalmente com o apoio que a gente vem recebendo da Sejel”, declarou Jeferson.

Elenco forte

O treinador da equipe do Galo da Praça da Saudade, Harrison Jennings, explica que o elenco foi montado especialmente para o Campeonato Brasileiro e que as meninas estão treinando desde o início do ano, durante quatro vezes na semana. As segunda, quartas e sextas-feiras no Ginásio Renné Monteiro, na Constantino Nery, de 17h30 às 19h, e aos sábados no Colégio da Polícia Militar.

“Nosso time é uma mescla das integrantes do Rio Negro, do Sólon de Lucena, do Almirante do Mauazinho e de algumas meninas do interior que participaram dos Jogos Escolares do Amazonas (Jeas) neste ano. Desta forma, formamos uma equipe forte, que vem aí para combater principalmente o Português, que é o atual campeão, o Metodista e o Pinheiros, que considero que vão dar muito trabalho”, destacou o comandante.

Com uma missão árdua, mas cheia de confiança, a equipe do Amazonas vem também trabalhando o psicológico para conquistar o tão sonhado topo do pódio. “As meninas estão ansiosas, mas preparadas psicologicamente para a competição. É natural o nervosismo, mas a concentração e a vontade de vencer são maiores. Nossa tarefa não será fácil, mas vamos tentar cumprir com êxito e conquistar medalha para nosso Estado”, afirmou.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.