Amazonas Cultura

Márcia Siqueira apresenta o show ‘Ritual’ no Teatro Manauara

Marcia Siqueira faz show no Teatro Manauara/Foto: Fabrício Nunes
Marcia Siqueira faz show no Teatro Manauara/Foto: Fabrício Nunes
Redação
Escrito por Redação

No próximo dia 16 (quinta-feira), no Teatro Manauara (Shopping Manauara), o Banco da Amazônia apresenta o show “Ritual” da cantora Márcia Siqueira e banda, a partir das 20h00, com ingressos custando um quilo de alimento não-perecível que pode ser trocado na bilheteria do teatro.
A banda será formada por Arlen Barbosa (Charango), Anderson Cerdeira (bateria), Nil Armstrong Jr. (violão), Túlio Sérvio (contrabaixo), Agenor Junior (caixinha), Luís Fernando (surdo) e Jonilson Reis nos teclados que também assina a direção musical.

O repertório é baseado nas canções do disco homônimo da cantora, lançado em 2012, entre alguns sucessos estão, “Serpente de Rio”, “Dança do Fogo”, “Flor de Tucumã”, “Eterno Amor”, “Alma Rubra”, “Conori” e “Povo de Alma Vermelha”.

O “Ritual” é uma homenagem aos compositores amazonenses. Entre eles: Rui Machado, Sidney Rezende, Pereira, Emerson Maia, Paulinho Dú Sagrado que trilharam uma grande história dentro do bumbá Garantido.

Uma equipe de excelentes profissionais foi escalada para trabalhar no “Ritual”. O show tem a direção de João Fernandes, produção executiva de Fabrício Nunes, Figurinos de Rizzo Andrade, Acessórios de Wernher Botelho, Fotografia de Ruth Jucá, Make-up de Jonathas Salles e coreografia do grupo Wanko Kaçaueré.

Realizado pela Cia de Ideias e Casarão de ideias, o show foi premiado pelo edital de seleção pública de patrocínio do Banco da Amazônia – Edição 2015 em parceria com Governo Federal e  ainda conta com apoio do Bar Botequim e da ON Produção Cultural e Assessoria.

Nesta edição uma parceria com a Casa do Idoso – São Vicente de Paula, onde todas as doações recebidas serão destinadas. Outras informações podem obtidas pelo fone (92) 3342 8030.

Carreira

Márcia Siqueira ganhou destaque ao vencer o prêmio Canta Nordeste, realizado pela Rede Globo em 1995. Ela já realizou apresentações na Alemanha (durante a Expo 2000, em Hannover, e na Mostra do Cinema Brasileiro, em Munique); participou do projeto Pixinguinha; venceu como melhor interprete vários festivais no Brasil. Márcia foi também a primeira mulher a cantar em apresentação solo na arena do Bumbódromo, onde é realizado o  Festival Folclórico de Parintins.

Eclética, a intérprete canta vários estilos, entre eles: MPB, toadas de boi-bumbá, blues, samba rock e pop. Já lançou os CDs: “Canto de Caminho”, “Márcia Siqueira”, “Nada a declarar” e “Ritual”.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.