Amazônia Mato Grosso

Mato Grosso quer debater obra de ferrovia oceânica que cortará o Acre

Ferrovia-mt
Redação
Escrito por Redação

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso vai realizar audiência pública para debater a ferrovia biocenânica, via pacífico, que cortará aquele estado, além de Rondônia e Acre. O pedido foi feito pelo deputado Wilson Santos (PSBD).

De acordo com o parlamentar, a construção da ferrovia bioceânica vai encurtar o tempo e o custo de transporte de matérias-primas exportadas e importadas tanto pelo Brasil quanto pelo Peru. “A ferrovia começa no Rio de Janeiro e atravessa a floresta amazônica, passando pela Cordilheira dos Andes e termina na costa peruana, no Oceano Pacífico”, explicou Santos.

A construção da ferrovia – parceria entre a China, Brasil e Peru – exigirá um investimento de US$ 10 bilhões, especificamente juntaria os portos marítimos de Tianjin na China, com porto Bayóvar em Piura. Desse local, o trem vai percorrer um trecho de mais de oito mil quilômetros, atravessando a Cordilheira dos Andes e da Amazônia, para o Oceano Atlântico, terminando no porto de Santos, no Brasil.

Além da participação dos parlamentares, o convite para a audiência pública foi estendido ao governador Pedro Taques (PSDB), à Embaixada Chinesa, deputados federais e senadores de Mato Grosso, Rondônia e do Acre, ao Ministro dos Transportes, à Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP/PR), e à Frente Parlamentar Mista Pró-Ferrovia Bioceânica.

(ac24horas)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.