Política

Melo muda secretários dentro da nova Reforma Administrativa

Sergio Fontes teria colocado cargo à disposição/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

Após a saída de Raul Zaidan, da Secretaria da Casa Civil, e de Sílvio Costa, da subsecretaria, novas mudanças estão previstas para acontecer no staff do Governo do Estado nos próximos dias.
As mudanças estão ocorrendo dentro de uma reforma administrativa implementada pelo próprio governador José Melo, que pretende dar uma impulsionada em sua gestão.

Sergio Fontes teria colocado cargo à disposição/Foto: Arquivo

Sergio Fontes teria colocado cargo à disposição/Foto: Arquivo

Especulou- se a saída do secretário de Segurança, Sérgio Fontes, mas a notícia foi prontamente desmentida pelo próprio Fontes na noite de ontem, sexta-feira (14). Da mesma forma, comentou-se que o secretário de Fazenda, Afonso Lobo, também estava demissionário. Da mesma forma a informação foi desmentida.

É quase certo que quem deve ser exonerado é o secretário de Saúde Pedro Elias.

A situação de Pedro Elias é insustentável por dois motivos: primeiro pela citação do envolvimento do nome dele com o médico e empresário Mouhamed Mostafá, preso pela operação “Maus Caminhos” da Polícia Federal (PF).

A Polícia Federal tem escuta conseguidas com autorização da Justiça Federal que flagraram conversas pra lá de suspeita de Pedro Elias com Mohamed, inclusive com pedido de liberação de dinheiro dos contratos feitos com as empresas suspeitas do empresário.

O outro motivo é o desgaste natural de Pedro Elias que é o “pai” do fracassado plano de reestruturação da saúde que criou muita polêmica e deixou muito chateado o governador José Melo.

Por essas razões, ninguém no Governo e nem o próprio Governador querem mais Pedro Elias no staff governamental.

Em relação ao secretário de governo, Evandro Melo, irmão do governador, falou-se que o mesmo também  estava demissionário, mas o próprio Evandro desmentiu afirmando que tudo não passa de boato. É esperar pra vê.

Julgamento de Melo

Está previsto para a terça-feira (18), o julgamento do governador José Melo e seu vice Henrique Oliveira, no SRJ, em Brasília. Porém há indícios de que esse julgamento não acontecerá agora.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.