Mundo

Menina de 1 ano morre após receber anestesia no dentista

Redação
Escrito por Redação

Daisy Lynn Torres, uma menina de apenas 1 ano e dois meses de idade morreu na última terça-feira (29) em Austin, no Texas, após ser anestesiada no dentista.

Segundo o jornal Extra, a imprensa local divulgou que a denúncia foi feita pela mãe dela, Betty Squier, que foi informada durante o procedimento, na clínica de Odontologia Infantil de Austin, que uma complicação havia ocorrido.

Uma ambulância chegou para levar a menina para o hospital, mas, poucas horas depois a ela foi declarada morta.

Fontes da revista “People” confirmaram que o Conselho de Estado do Texas, nos EUA, abriu uma investigação sobre a morte da garota. “Estamos entorpecidos e perdidos de dor. Nós só queremos respostas. Você confia em seus médicos, seus dentistas, pensando que eles sabem o que estão fazendo. Você não leva seu filho para o dentista pensando que vai ser a última vez que você vai vê-lo vivo”, disse a mãe.

Ela afirmou, ainda, que conversou com o anestesista antes do procedimento. “Ele me disse que ela era bonita, que o procedimento seria muito rápido e que eu iria vê-la em breve”, contou. Betty contou que segurou a menina, e sussurrou em seu ouvido: “Vai ficar tudo bem, Daisy, vou voltar logo”.

A porta-voz da clínica responsável pelo procedimento odontológico, Sarah Marshall, disse à “People” que o uso de anestesia não é “incomum em bebês”. ” Muitas vezes, com crianças mais novas, a anestesia é o caminho mais seguro para que eles não fiquem se mexendo, e há menos potencial de dor e reação”, afirmou.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.